Disfunção erétil

Disfunção erétil

A disfunção erétil (impotência) é a incapacidade de obter e manter uma ereção firme o suficiente para o sexo.

Ter problemas de ereção de vez em quando não é necessariamente um motivo de preocupação. Se a disfunção erétil é um problema constante, ela pode causar estresse, afetar sua autoconfiança e contribuir para problemas de relacionamento. Problemas para obter ou manter uma ereção também podem ser um sinal de uma condição de saúde subjacente que precisa de tratamento e um fator de risco para doenças cardíacas.

Se você está preocupado com disfunção erétil, converse com seu médico – mesmo se você estiver envergonhado. Às vezes, o tratamento de uma condição subjacente é suficiente para reverter a disfunção erétil. Em outros casos, medicamentos ou outros tratamentos diretos podem ser necessários.

Leia também: Estimulante sexual masculino qual é o melhor

Cuidados de disfunção erétil na Mayo Clinic

Sintomas
Os sintomas de disfunção erétil podem incluir persistentes:

Problemas para obter uma ereção
Dificuldade para manter uma ereção
Desejo sexual reduzido
Quando ver um médico
Um médico de família é um bom lugar para começar quando você tem problemas de ereção. Consulte o seu médico se:

Você tem dúvidas sobre suas ereções ou está passando por outros problemas sexuais, como ejaculação precoce ou tardia
Você tem diabetes, doença cardíaca ou outra condição de saúde conhecida que pode estar ligada à disfunção erétil
Você tem outros sintomas junto com a disfunção erétil
Solicite uma consulta na Mayo Clinic
Causas
A excitação sexual masculina é um processo complexo que envolve o cérebro, hormônios, emoções, nervos, músculos e vasos sanguíneos. A disfunção erétil pode resultar de um problema com qualquer um deles. Da mesma forma, preocupações com estresse e saúde mental podem causar ou piorar a disfunção erétil.

Às vezes, uma combinação de problemas físicos e psicológicos causa disfunção erétil. Por exemplo, uma condição física menor que retarda sua resposta sexual pode causar ansiedade sobre a manutenção de uma ereção. A ansiedade resultante pode levar ou piorar a disfunção erétil.

Causas físicas da disfunção erétil
Em muitos casos, a disfunção erétil é causada por algo físico. Causas comuns incluem:

Doença cardíaca
Vasos sanguíneos entupidos (aterosclerose)
Colesterol alto
Pressão alta
Diabetes
Obesidade
Síndrome metabólica – uma condição que envolve aumento da pressão arterial, altos níveis de insulina, gordura corporal ao redor da cintura e colesterol alto
Mal de Parkinson
Esclerose múltipla
Certos medicamentos prescritos
Uso do tabaco
Doença de Peyronie – desenvolvimento de tecido cicatricial no interior do pênis
Alcoolismo e outras formas de abuso de substâncias
Distúrbios do sono
Tratamentos para câncer de próstata ou próstata aumentada
Cirurgias ou lesões que afetam a área pélvica ou medula espinhal
Causas psicológicas da disfunção erétil
O cérebro desempenha um papel fundamental no desencadeamento da série de eventos físicos que causam uma ereção, começando com sentimentos de excitação sexual. Várias coisas podem interferir nos sentimentos sexuais e causar ou piorar a disfunção erétil. Esses incluem:

Depressão, ansiedade ou outras condições de saúde mental
Estresse
Problemas de relacionamento devido a estresse, má comunicação ou outras preocupações
Fatores de risco
Conforme você envelhece, as ereções podem levar mais tempo para se desenvolver e podem não ser tão firmes. Você pode precisar de mais contato direto com seu pênis para obter e manter uma ereção.

Vários fatores de risco podem contribuir para a disfunção erétil, incluindo:

Condições médicas, particularmente diabetes ou problemas cardíacos
O uso de tabaco, que restringe o fluxo sanguíneo para veias e artérias, pode – ao longo do tempo – causar condições crônicas de saúde que levam à disfunção erétil
Estar acima do peso, especialmente se você for obeso
Certos tratamentos médicos, como cirurgia de próstata ou tratamento de radiação para câncer
Lesões, particularmente se danificarem os nervos ou artérias que controlam as ereções
Medicamentos, incluindo antidepressivos, anti-histamínicos e medicamentos para tratar a pressão alta, dor ou condições da próstata
Condições psicológicas, como estresse, ansiedade ou depressão
Uso de drogas e álcool, especialmente se você é um usuário de drogas a longo prazo ou bebedor pesado
Complicações
As complicações resultantes da disfunção erétil podem incluir:

Uma vida sexual insatisfatória
Estresse ou ansiedade
Constrangimento ou baixa auto-estima
Problemas de relacionamento
A incapacidade de engravidar sua parceira
Prevenção
A melhor maneira de prevenir a disfunção erétil é fazer escolhas saudáveis ​​no estilo de vida e administrar quaisquer condições de saúde existentes. Por exemplo:

Trabalhe com seu médico para gerenciar diabetes, doenças cardíacas ou outras condições crônicas de saúde.
Consulte o seu médico para exames regulares e exames de triagem médica.
Pare de fumar, limite ou evite álcool e não use drogas ilegais.
Exercite regularmente.
Tome medidas para reduzir o estresse.
Obtenha ajuda para ansiedade, depressão ou outros problemas de saúde mental.

Disfunção erétil: Conheça 5 sinais de impotência sexual

Disfunção erétil: Conheça 5 sinais de impotência sexual

A impotência sexual, ou disfunção erétil, atinge cerca de 25 milhões de brasileiros acima dos 18 anos e, mesmo com o alto índice de ocorrência, os homens tendem a não falar sobre o assunto. O medo de ferir a masculinidade faz com que muitos deles sofram calados e não tenham acesso ao tratamento adequado.

Em torno de 50% dos homens com mais de 40 anos apresentam algum grau de disfunção erétil. É de se preocupar que números tão alarmantes sejam desconhecidos tanto da população em geral, quanto daqueles que são acometidos pela disfunção.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, “quanto mais idoso o homem, maior a probabilidade de apresentar o problema, seja pela idade avançada ou pela maior prevalência de doenças nessa faixa etária que são fatores predisponentes ou que perpetuam o distúrbio da ereção.”

A impotência não deve ser motivo de vergonha. É um problema que atinge muitos homens e que precisa ser discutido.

Saiba mais: Prime Male preço

O que é disfunção erétil?
A SBU define disfunção erétil como “a incapacidade de obter uma ereção suficiente e adequada para manter uma relação sexual satisfatória para ambos parceiros.”

Entenda mais sobre o assunto em nosso artigo sobre a Impotência Sexual e sua relação com a Psicologia.

Disfunção erétil: causas
Não há uma causa específica para impotência sexual, pois muitos fatores interferem em seu aparecimento. Dentre elas, estão as causas:

psicogênicas (uso de certos medicamentos);
iatrogênicas (realização de cirurgias, por exemplo);
por doenças metabólicas, cardiovasculares, neurológicas, endocrinológicas
emocionais;
De acordo com o site do Dr. Dráuzio Varella, a causa mais expressiva é a emocional e atinge 70% dos homens. Os outros 30% ficam a cargo da disfunção orgânica, “que pode ser vascular de origem arterial, hormonal e, em pequeno número, resultado de alterações na anatomia do pênis, como ocorre na doença de Peyronie.”

Sinais de impotência sexual
1 – Dificuldade ou falta de ereção
A ereção do pênis não é algo tão simples, pois requer o funcionamento de diversos sistemas interligados: vascular, nervoso e hormonal. O estímulo sexual que o cérebro produz é transmitido através da medula espinal em direção às terminações nervosas e aos corpos cavernosos (estruturas que, ao se encherem de sangue, provocam a ereção do pênis).

Quando esse processo não acontece por qualquer um dos motivos citados anteriormente, pode ser um grande sintoma de disfunção erétil.

2 – Incapacidade de manter a ereção
Quando há dificuldade em manter a ereção, é preciso ficar de olho pois há grandes chances de ser sintoma de impotência sexual.

3 – Ejaculação precoce
Segundo a definição da Organização Mundial da Saúde (OMS), a ejaculação é considerada precoce quando não acontece no tempo ideal para que ambos os parceiros tenham prazer. Ou seja, o significado da ejaculação precoce, na vida sexual do homem é bem impactante, já que causa tantos problemas físicos, psicológicos e emocionais.

É bem comum que homens que sofram com a disfunção erétil também tenham ejaculação precoce, pois a dificuldade em manter
a ereção gera ansiedade no homem em ser rápido para concluir e satisfazer a si mesmo e o(a) parceiro(a). Ou seja, se o indivíduo procura ajuda e consegue controlar a disfunção erétil, por conseguinte, a ejaculação precoce também obterá melhora.

4 – Ereções espontâneas ausentes ou reduzidas
Ereções durante a noite ou logo ao acordar pela manhã são normais e fazem parte da rotina saudável do organismo masculino. Porém, quando o homem passa a não ter mais essas ereções ou tem sua frequência reduzida, é sinal de alerta para a disfunção erétil.

5 – Perda de ereção com a mudança de posição
Por realizar um esforço extra para manter a relação, a mudança de posição durante o sexo pode dificultar ainda mais a permanência da ereção. Se isso se mostrar constante, pode ser um alerta de impotência sexual.

Disfunção erétil: tratamento
É essencial a avaliação do médico urologista para que ele encaminhe o melhor tratamento para cada quadro. Essa análise pode se dar através de psicoterapia, medicamentos via oral, autoinjeção intracavernosa ou cirurgia para implante de prótese peniana.

O acompanhamento psicológico é extremamente indicado nesse momento, pois é preciso entender os gatilhos que levam ao problema e acima de tudo, compreender o próprio corpo para poder então melhor tratá-lo.

10 Hábitos de Pessoas que Perdem Peso e Não Ganham de Volta

10 Hábitos de Pessoas que Perdem Peso e Não Ganham de Volta

A maioria das pessoas que fazem dieta recupera 50% do peso perdido no primeiro ano depois de perdê-lo. Boa parte do restante irá recuperá-lo nos três anos seguintes.

A maioria das pessoas sabe que manter um peso saudável resume-se a três coisas: alimentação saudável, comer menos e exercitar-se. Mas, na verdade, fazer isso pode ser difícil para muitos.

Tomamos mais de 200 decisões alimentares por dia, e a maioria delas parece ser automática ou habitual, o que significa que inconscientemente comemos sem reflexão, deliberação ou qualquer senso de consciência sobre o que ou quanto de comida nós selecionamos e consumimos. Muitas vezes, os comportamentos habituais superam nossas melhores intenções.

Um novo estudo descobriu que a chave para manter um peso saudável é reforçar hábitos saudáveis.

O que o novo estudo encontrou
Imagine cada vez que uma pessoa vai para casa à noite, ela come um lanche. Quando ela come o lanche pela primeira vez, um elo mental é formado entre o contexto (chegar em casa) e sua resposta a esse contexto (comer um lanche). Cada vez que ela subsequentemente lancha em resposta a chegar em casa, esse elo se fortalece, a tal ponto que chegar em casa a leva a comer um lanche automaticamente. É assim que um hábito se forma.

Novas pesquisas descobriram que as intervenções para perda de peso que são baseadas na mudança de hábito (formando novos hábitos ou quebrando velhos hábitos) podem ser eficazes para ajudar as pessoas a perder peso e mantê-lo afastado.

Saiba mais: Phytophen preço

Foram recrutados 75 voluntários de 18-75 anos com excesso de peso ou obesidade e divididos em três grupos. Um programa promoveu a quebra de velhos hábitos, um promoveu a formação de novos hábitos e um grupo foi um controle (sem intervenção).

O grupo que quebrava os hábitos recebeu uma mensagem de texto com uma tarefa diferente para realizar todos os dias. Essas tarefas eram focadas em quebrar rotinas habituais e incluíam coisas como “uma maneira diferente de trabalhar hoje”, “ouvir um novo gênero de música” ou “escrever um conto”.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Este Tipo de Dieta Reverteu 86% dos Casos de Diabetes Tipo 2
Ganhe 7 Anos de Vida Mudando Esses 3 Hábitos no Dia a Dia
Por Que Ganhamos Peso de Volta Tão Fácil?
Confira o Tipo de Dieta que Pode Diminuir Suas Chances de Sofrer Depressão
Pediu-se ao grupo formador de novos hábitos que seguisse um programa que focalizasse a formação de hábitos centrados em mudanças saudáveis no estilo de vida. O grupo foi incentivado a incorporar dez dicas saudáveis em sua rotina diária.

Ao contrário dos programas usuais de perda de peso, essas intervenções não prescreveram planos de dieta específicos ou regimes de exercícios, elas simplesmente visavam mudar pequenos hábitos diários.

Após 12 semanas, os participantes formadores de hábito e quebradores de hábito perderam uma média de 3,1 kg. Mais importante, após 12 meses sem intervenção e sem contato, eles perderam outros 2,1kg em média.

Cerca de 67% dos participantes reduziram seu peso corporal total em mais de 5%, diminuindo seu risco geral de desenvolver diabetes tipo 2 e doenças cardíacas. Além de perder peso, a maioria dos participantes também aumentou sua ingestão de frutas e verduras e melhorou sua saúde mental.

Intervenções baseadas em hábitos têm o potencial de mudar a forma como pensamos sobre o controle de peso e, mais importante, como nos comportamos.

Dez hábitos saudáveis que você deve formar
Os hábitos do grupo formador de hábitos, desenvolvidos pela Weight Concern (uma instituição beneficente do Reino Unido), foram:

1. Mantenha-se em uma rotina de refeições: coma aproximadamente às mesmas horas todos os dias. As pessoas que têm sucesso na perda de peso a longo prazo tendem a ter um ritmo regular de refeição (evitar lanches e beliscar). Um regime de dieta consistente durante a semana e o ano também prevê a manutenção subsequente da perda de peso a longo prazo.

2. Escolha gorduras saudáveis: escolha comer gorduras saudáveis de nozes, abacate e peixes em vez de fast food. As gorduras trans estão ligadas a um risco aumentado de doença cardíaca.

3. Sair do peso: procure dar 10.000 passos por dia. Suba as escadas e desça um ponto antes do ônibus para garantir que sua frequência cardíaca aumente todos os dias.

4. Prepare lanches saudáveis quando sair: troque batatas fritas e biscoitos por frutas frescas.

5. Verifique sempre os rótulos: verifique o conteúdo de gordura, açúcar e sal nos rótulos dos alimentos.

6. Tenha cuidado com as suas porções: use pratos menores, beba um copo de água e espere cinco minutos e verifique sua fome antes.

7. Diminuir o tempo sentado: diminuir o tempo que você fica sentado e aumentar a atividade está ligado a benefícios substanciais para a saúde. O tempo gasto sentado está relacionado ao excesso de peso e obesidade, independente do nível de atividade física.

8. Pense nas suas bebidas: escolha água e limite o suco de frutas a um pequeno copo por dia.

9. Concentre-se em sua comida: diminua a velocidade e coma enquanto estiver sentado à mesa, não em movimento. Sinais internos que regulam a ingestão de alimentos (sinais de fome/saciedade) podem não ser tão eficazes quando estamos distraídos.

10. Tente comer cinco porções de vegetais por dia, frescas, congeladas ou enlatadas: frutas e vegetais têm alta qualidade nutricional e baixa densidade energética. Comer a quantidade recomendada produz benefícios para a saúde, incluindo redução no risco de câncer e doença coronariana.

COMO ACABAR COM AS RUGAS NO ROSTO? DESCUBRA OS MELHORES TRATAMENTOS DE REJUVENESCIMENTO PARA A PELE

COMO ACABAR COM AS RUGAS NO ROSTO? DESCUBRA OS MELHORES TRATAMENTOS DE REJUVENESCIMENTO PARA A PELE

Aplicação de botox e ácido hialurônico são tratamentos que acabam com as rugas mais rápido e devem ser aliados ao protetor solar diariamente (Foto: Shutterstock)Dermatologista ensina os melhores tratamentos para acabar com as rugas no rosto. Confira! (Foto: Pixelformula)O creme para rugas também é um grande aliado dos tratamentos estéticos para amenizar as linhas finas do rosto (Foto: Shutterstock)O creme para rugas também é um grande aliado dos tratamentos estéticos para amenizar as linhas finas do rosto (Foto: Shutterstock)
instagram
MAIS INSPIRAÇÕES

Saiba mais: Proteína asiática

Se você já observou algumas rugas no rosto, ou seja, aquelas linhas e dobras que costumam surgir na testa e ao redor da boca e dos olhos, a boa notícia é que elas não são impossíveis de eliminar! De acordo com a dermatologista Lilia Guadanhim, o segredo para escolher o melhor tratamento é entender o motivo da ruga, que pode ser natural e cronológico, ou por causa da exposição solar. “Todos os tratamentos visando o rejuvenescimento incluem o uso de filtro solar e também uma rotina de cuidados específicos”, explicou a especialista. Confira os detalhes.

FILTRO SOLAR É ALIADO NO TRATAMENTO CONTRA AS RUGAS NO ROSTO
Antes de recorrer a procedimentos estéticos, saiba que o filtro solar ajuda a amenizar, e muito, a aparência das rugas no rosto. De acordo com a dermatologista Lilia Guadanhim, ele deve ser usado todos os dias para prevenir novas linhas de expressão e também como complemento dos tratamentos estéticos, já que os raios solares são um dos causadores do envelhecimento da pele por quebrar as fibras de colágeno – substância que mantém a firmeza da pele. “O envelhecimento acontece em grande parte devido à exposição solar crônica, mas fatores como tabagismo e poluição também têm grande papel. Basta reparar que áreas que ficam sempre cobertas ao longo da vida, como o abdome, dificilmente apresentam rugas e manchas”, explicou a dermatologista.

IDENTIFICAR O TIPO DE RUGA É FUNDAMENTAL PARA DEFINIR O MELHOR TRATAMENTO
Além de saber o motivo das rugas e o tipo de tratamento, também é preciso levar em conta a intensidade delas. A dermatologista explica que existem as rugas dinâmicas e as rugas estáticas: as primeiras são aquelas que só aparecem na hora de movimentar o rosto, como sorrir ou chorar. Já as segundas são as mais profundas e ficam marcadas na pele. “As rugas dinâmicas mais conhecidas se formam na testa, nos pés de galinha, nas rugas de bravo. Com a contração muscular repetida, as rugas dinâmicas podem se tornar estáticas e estarem presentes mesmo se a musculatura está em repouso”, explicou.

BOTOX É OPÇÃO PARA ACABAR COM AS RUGAS DINÂMICAS
Para as rugas dinâmicas, a melhor alternativa é a aplicação da toxina botulínica, também conhecida como botox. “É uma substância neuromoduladora que leva ao relaxamento muscular e assim elimina ou suaviza as rugas. O procedimento pode ser feito com uso de anestésico tópico, não causa vermelhidão ou inchaço, mas eventualmente pequenas manchinhas roxas podem acontecer”, explicou Lilia. Segundo a especialista, a aplicação demora cerca de 7 a 14 dias para atingir o resultado ideal, e o efeito dura cerca de 3 ou 4 meses.

PREENCHIMENTO COM ÁCIDO HIALURÔNICO É ALTERNATIVA PARA RUGAS PROFUNDAS
Já para as rugas mais intensas, como olheiras profundas, a melhor alternativa é o preenchimento. “Em geral, utilizamos o ácido hialurônico, substância em gel, que é componente natural da pele e devolve o suporte que perdemos com o tempo”, explicou a dermatologista. Para quem tem dúvidas, o procedimento e feito em consultório, e a maioria dos produtos contém anestésico na formulação, ou seja, o desconforto é mínimo. O ácido age acomodando-se nos sulcos da pele, e dura cerca de 8 a 18 meses.

CREME PARA RUGAS, PEELINGS QUÍMICOS E LASERS ESTIMULAM O COLÁGENO
Para o restante das linhas, os lasers fracionados e os peelings químicos são muito úteis, já que estimulam o colágeno, melhoram a renovação celular e suavizam as manchas e as rugas. Para complementar os tratamentos e prolongar o efeito, também vale usar os cremes para rugas em casa, que vão proteger as fibras de elastina e colágeno, além de manter a pele sempre hidratada. Na hora de aplicar, a dica é fazer uma massagem facial com as pontas dos dedos, sem esquecer do colo e do pescoço, para promover a oxigenação da pele e a absorção dos produtos – além de favorecer a elasticidade da derme.

Como aumentar naturalmente o tamanho do pênis através de exercícios?

Aumentar o tamanho do pénis naturalmente através de exercícios de aumento do pénis envolve uma série de massagens e alongamentos que promovem naturalmente o crescimento do pénis (uma prática de 200 anos).

Eles são realizados com as mãos (fazendo o sinal de OK com os dedos) e usando um lubrificante no pênis. É aconselhável praticá-los pelo menos 3 vezes por semana para obter resultados.

A primeira coisa que você precisa saber para aprender a aumentar seu pênis naturalmente é que o objetivo dos exercícios é aumentar a quantidade de sangue no pênis e, assim, aumentar o tecido sangüíneo. Esqueça os remédios e outros produtos milagrosos (exceto talvez a bomba de pênis que funcionará apenas uma hora ou duas). É simplesmente impossível. O aumento do pênis leva tempo e esforço. Mas isso é o que é preciso para obter um pênis maior sem produtos.

Se você estiver interessado em aumentar o comprimento e a espessura da sua máquina, precisará praticar vários tipos de exercícios.

Os exercícios para obter um grande pênis estão na combinação desses métodos de aumento do pênis:

  1. Exercícios de Jelqing: uma técnica que envolve a “ordenha” do pênis.
  2. Exercícios de alongamento do pênis: uma técnica que ajuda a melhorar o comprimento do pênis.
  3. Exercícios de Kegel: técnica usada para aumentar a circulação sanguínea.

Concentre-se em exercícios de Jelqing

Os exercícios de Jelqing são usados ​​há muito tempo. Eles servem para aumentar o pênis. Se você quer crescer naturalmente, é uma parte fundamental da sua rotina. Os exercícios consistem em “ordenha” o pênis sem ficar totalmente ereto.

Conheça também o estimulante que esta ajudando muitos homens no brasil, ele se chama Forteviron.

Os exercícios de Jelqing aumentam o fluxo sanguíneo em estado semi-irrigado, levando sangue ao pênis, fazendo com que ele flua, ampliando os tecidos e ampliando o pênis.

Fazer estes exercícios todos os dias irá ajudá-lo a ampliar seu pênis naturalmente. Para fazer o exercício corretamente, você precisa colocar uma toalha embebida em água quente no seu pênis. Segure a toalha em volta do seu pênis por dois ou três minutos. O calor fornecido ajudará seu pênis a semi-erguer.

Você pode aplicar um pouco de óleo ou lubrificante nas pontas dos dedos. Você deve fazer o sinal “OK” com os dedos para agarrar seu pênis e apertar seu pênis para cima e para baixo.

Você pode repetir o exercício 100 vezes em dois minutos. Depois de vários dias, você começará a ver como o tamanho do seu pênis aumenta.

As polegadas ou centímetros obtidos com o jelqing são permanentes para todos os tipos de pênis, mesmo após a interrupção do exercício. É importante fazer os exercícios corretamente e com lubrificante suficiente.

Se você quiser aumentar o tamanho do seu pênis, saiba que existem algumas ervas que você pode usar para estimular a circulação do sangue para a área do seu órgão masculino e mantê-lo temporariamente em ereção completa. Soluções mais duráveis ​​e naturais para aumentar o comprimento e a dilatação do pênis incluem uma nova dieta, exercício e perda de peso ao redor da área abdominal. Você não acha essas dicas mais simples e seguras do que expor você a uma cirurgia? Sua resposta será definitivamente sim, assim que você souber como aumentar seu pênis sem usar qualquer medicação ou cirurgia.

Aprenda truques caseiros e baratinhos para cuidar dos pés ressecados

Aprenda truques caseiros e baratinhos para cuidar dos pés ressecados

Os pés secos e ásperos, que apresentam fissuras no calcanhar, são um problema comum para todas as idades. Além da questão estética, quando não é tratado, a situação pode se agravar. Conheça as causas, as consequências e as maneiras de resolver essa questão com tratamentos caseiros, naturais e baratinhos.

Pés hidratados

Causas mais comuns para o ressecamento dos pés
Existem várias causas para esta condição que vão além da questão hereditária. Veja algumas:

Alimentação pobre e falta de hidratação no corpo.
Viver em um clima muito seco.
Tomar banhos muito quentes e demorados.
Andar sempre descalço, só com sandálias abertas ou sapatos muito apertados.
Problemas vasculares e obesidade.
Doenças como psoríase e micoses.
Consequências da falta de tratamento
Se as fissuras ficarem muito expostas podem descamar, causar sangramento e virar uma porta de entrada para infeções no corpo. Portanto, vale ficar de olho. Se o problema persistir, você deve procurar um médico. O ressecamento dos pés pode ser sintoma de doenças, como hipotiroidismo ou diabetes, que podem ser diagnosticadas com a ajuda de um profissional de saúde.

Leia também: pé ressecados pomada

Como tirar as rachaduras dos pés em 3 passos

Como prevenir o ressecamento dos pés
Seguir algumas regrinhas de prevenção é fundamental para manter os pés sempre macios. Confira:

Sempre lave bem os pés, seque cuidadosamente após o banho, esfolie o calcanhar e hidrate os pés.
Aumente a ingestão de água e diminua a ingestão de café e álcool que aceleram a desidratação.
Evite banhos longos e muito quentes. Evite passar muito tempo em piscinas pois o cloro agrava a situação.
Use sapatos confortáveis e que protejam o calcanhar. Não fique sempre de meias, é importante deixar o pé respirar.
Tratamento para os pés

Receitas caseiras para esfoliar os pés
Aveia e óleo de coco
Crie um exfoliante natural para os pés com aveia e óleo de coco. Misture a aveia e um pouco do óleo até criar uma pasta grossa. Aplique a pasta nos pés e deixe atuar durante 10 minutos. Depois, lave os pés com água fria. Siga esta rotina a cada dois dias até curar completamente os pés ressecados.

Glicerina e sal grosso
Crie uma mistura de glicerina com sal grosso, algumas gotas de limão e um pouco de água morna. Ponha os pés de molho durante 10 minutos e depois esfolie a pele com a ajuda de uma pedra pome. Lave e seque os pés. Siga esta rotina duas vezes por semana até curar completamente os pés ressecados.

Mel
Prepare uma esfoliação com mel, vinagre de maçã e farinha de arroz. Junte os ingredientes para criar uma pasta grossa. Depois de lavar bem os pés, massageie com esta pasta durante alguns minutos. Ao acabar, lave novamente os pés com água morna. Siga esta rotina a cada dois dias até curar completamente os pés ressecados.

Celulite: conheça as causas e veja como evitar essa má companhia

Receitas caseiras para hidratar os pés
Banana com azeite
Bata uma banana madura no liquidificar com uma colher de azeite ou outro óleo vegetal da sua preferência. Você terá uma pasta espessa e cremosa. Lave os pés, aplique esta pasta nos pés e deixe atuar durante 15 minutos. Depois, lave novamente os pés com água morna e água fria alternadamente. Siga esta rotina diariamente.

Cera de parafina e óleo de coco
Aqueça a cera de parafina, com um pouco de óleo de coco para criar uma pasta cremosa. Depois de retirar as células mortas e a pele seca, coloque esta pasta nas zonas mais secas da pele ao fim do dia. Calce um par de meias e vá dormir. Lave os pés no dia seguinte, ao acordar. Siga esta rotina durante duas semanas para suavizar o ressecamento dos pés.

Vaselina com limão
Antes de ir dormir, aplique, generosamente, vaselina nos pés, calce um par de meias e durma. Lave os pés no dia seguinte, ao acordar. Outra opção é misturar vaselina com algumas gotas de limão. Lave os pés, seque-os e aplique a mistura nos calcanhares. Siga esta rotina diariamente.

10 dicas fundamentais para manter a pele saudável e bonita

10 dicas fundamentais para manter a pele saudável e bonita

Em parceria com a Imedeen, a dermatologista Tatiana Gabbi desenvolveu algumas dicas para manter a saúde e beleza da pele

Manter a pele bonita e saudável requer uma série de cuidados que envolvem a aplicação de produtos cosméticos, tratamentos e alimentação equilibrada. A inevitável passagem do tempo pode nos atingir de maneiras diferentes, pois algumas pessoas têm maior tendência a rugas e linhas de expressão; já outras podem apresentar manchas ou flacidez.

Imedeen, da Pfizer Consumer Healthcare, comemora 25 anos e apresenta algumas dicas que ajudam a cuidar da pele.

Dicas para manter a pele bonita e saudável
De acordo com a dermatologista Tatiana Gabbi, médica assistente do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP, a genética influencia bastante o envelhecimento, no entanto, fatores externos (alimentação deficiente em vitaminas, exposição ao sol e poluição, por exemplo) são determinantes para a aparência da pele.

“Com o passar dos anos, a pele vai perdendo luminosidade e elasticidade, e, por não ser mais capaz de reter água de forma eficiente, torna-se seca e sem viço”, explica a especialista. Em parceria com a Imedeen, a dermatologista Tatiana Gabbi desenvolveu algumas dicas para manter a pele saudável e bonita:

1) Aplique filtro solar no rosto diariamente
Mulher com pele saudável e bonita.
Fotos: depositphotos

A exposição ao sol envelhece a pele do rosto, leva à formação de manchas e contribui para o surgimento do câncer de pele. Por isso, é muito importante aplicar filtro solar (fator 30 ou superior) todos os dias pela manhã.

2) Cuide da barreira natural da pele
A pele possui uma barreira natural formada por queratina, óleos e gorduras fabricados nas glândulas sebáceas. Quem tem pele mais sensível deve tomar banho morno ou frio e aplicar loções de limpeza. Os sabões que fazem espuma devem ser evitados. Na hora do banho, evite água muito quente e buchas que podem causar uma desorganização da proteção cutânea natural.

Leia também: Pele saudável dicas

3) Cuide da alimentação
Salada para pele saudável e bonita.
A ingestão de certos alimentos pode levar a processos que estão ligados ao envelhecimento da pele. É importante evitar o excesso de doces e massas, que podem contribuir para o endurecimento do colágeno e da elastina, levando à flacidez. Invista nas frutas (sem exageros), pois elas possuem equilíbrio entre fibras solúveis e açúcar.

4) Beba água regularmente
A água também é fundamental na regeneração dos tecidos e manutenção da saúde da nossa pele. Recomenda-se a ingestão de oito copos por dia.

5) Controle o estresse e descanse
Dormir deixa pele saudável e bonita.
Para evitar as olheiras, recomenda-se uma boa noite de sono, descansando bem e evitando o estresse. Caso elas persistam, procure um dermatologista para iniciar um tratamento específico.

6) Saiba qual é o seu tipo de pele
É importante descobrir o seu tipo de pele, pois a utilização do produto errado pode trazer resultados contrários aos desejados.

7) Hidrate a pele do corpo após o banho
Hidratação deixa pele saudável e bonita.
Aplicar o hidratante logo após o banho, com a pele ainda úmida, é uma excelente opção, pois a água quente e o sabonete eliminam a gordura natural, fazendo com que a pele perca água.

8) Combata os radicais livres
Alimentos ricos em carotenos, vitaminas C e E e zinco, tais como vegetais verdes escuros, frutas e legumes coloridos, são antioxidantes e ajudam a evitar o processo de formação dos radicais livres.

9) Não fume
Evite fumar para deixar a pele saudável e bonita.
O envelhecimento da pele é acentuado pelo uso do cigarro, inclusive em pessoas jovens.

10) Pratique atividade física
Praticar exercícios físicos é fundamental para prolongar a saúde, a firmeza e a boa aparência da pele. No entanto, o excesso de atividades pode contribuir para o surgimento de radicais livres, por isso, é importante investir em antioxidantes. As atividades físicas também ajudam a manter o peso próximo ao ideal, o que é também é importante para a saúde da pele.

Obesidade e problemas de pele

Obesidade e problemas de pele

A obesidade é uma epidemia crescente que afeta milhões no mundo inteiro. Tem efeitos numerosos em vários sistemas do corpo que conduz às mudanças fisiológicos que podem causar a revelação das doenças como a hipertensão, a doença cardíaca, o colesterol alto do sangue e o tipo – diabetes 2.

A obesidade igualmente levanta o risco de infecção hepática gorda, de doença da bexiga de bílis, de osteodistrofia e de determinados cancros. Calcula-se que o custo de tratar doenças relativas obesidade contribui 2-7% de custos nacionais totais dos cuidados médicos em países desenvolvidos.

A obesidade é relacionada a um número de efeitos na saúde da pele também. A obesidade afecta a função da barreira de pele, funcionamentos das glândulas sebaceous e da produção do sebum que mantem a pele hidratada e maleável, glândulas de suor, canais pequenos da linfa sob a pele, estrutura e função do colagénio, ferida que curam, vasos sanguíneos pequenos sob a pele, e gordura subcutâneo.

Leia também: Problemas de pele

Efeitos da obesidade na pele
Efeitos na função da barreira de pele
A obesidade aumenta a perda de água através da pele na maior parte das vezes. Em pacientes morbidly obesos a pele é reparo da significativamente seco e pele depois que as feridas são danificadas.

Glândulas Sebaceous e produção do sebum
O Sebum joga um maior protagonismo na revelação da acne. É uma substância oleosa que seja produzida para manter a pele hidratada e maleável. A acne ocorre quando os canais sebaceous são obstruídos e contaminados. A acne é agravada claramente por desordens obesidade-associadas.

Em andrógenos obesos dos indivíduos (hormonas masculinas), a insulina, a hormona de crescimento, e a insulina como factores de crescimento são aumentadas. Estes são tudo factores de risco conhecidos para a acne.

Glândulas de suor
Os pacientes obesos têm dobras maiores da pele e tendem a suar mais abundantemente devido às camadas grossas de gordura subcutâneo.

Canais da linfa
A obesidade impede ou retarda o fluxo linfático. Isto conduz à coleção do líquido linfático proteína-rico no tecido subcutâneo. Isto é chamado lymphedema.

Vasos sanguíneos da pele
A obesidade muda a circulação sanguínea da pele que conduz a microangiopathy obesidade-relacionado e à hipertensão. A circulação sanguínea na pele é aumentada em indivíduos obesos.

Estrutura do colagénio e função e cura esbaforido
A obesidade é associada igualmente com as mudanças na estrutura do colagénio. O colagénio forma a estrutura da pele e ajuda-a na cura esbaforido. Contudo, os pacientes obesos manifestam raramente enrugamentos faciais e enfraquecimento da pele ou da frouxidão da pele devido à gordura subcutâneo aumentada.

Gordura subcutâneo
A gordura subcutâneo é compo quase inteiramente do tecido adiposo branco. Em seres humanos normais fornece a isolação e servir-la como o armazenamento de energia. Este tecido adiposo contem os adipocytes que segregam peptides hormonais da glândula endócrina como o factor de necrose do leptin e de tumor. Os indivíduos obesos têm a gordura subcutâneo adicional.

Manifestações da pele em indivíduos obesos e excessos de peso
A obesidade é associada com um número de condições de pele. Estes incluem –

Nigricans do Acanthosis
Este é um problema de pele o mais comum na obesidade. Os nigricans do Acanthosis aparecem como correcções de programa escuras aveludado, symmetriacal. Observa-se o mais geralmente nos poços de braço, no virilha, na parte traseira do pescoço, nos cotovelos, nas juntas, e na face. Os nigricans do Acanthosis são associados com a resistência à insulina.

Acrochordons
Estes são papules ou crescimentos marrons macios vistos geralmente no pescoço e nas axila e no virilha. São vistos freqüentemente em colaboração com nigricans do acanthosis

Pilaris do Keratosis
Estes conduzem à formação de papules espinhosos ou de crescimentos na superfície externo dos braços.

Hyperandrogenism e hirsutismo
Isto é causado por níveis elevados das hormonas masculinas. Estas características são comuns com doença e resistência à insulina ovarianas polycystic.

Distensae dos Striae
Estes são chamados geralmente marcas de estiramento. São chapas longas encontradas nas áreas com grande tensão e são encontrados geralmente nos peitos, nas nádegas, no abdômen, e nas coxas. Aparecem como as marcas vermelhas que giram a violeta, então chapas deprimidas brancas finalmente tornando-se.

Dolorosa do Adiposis
Esta é uma condição rara com os lipomas múltiplos, dolorosos, subcutâneos vistos em mulheres obesos e pós-menopáusicos.

Doenças de pele agravadas pela obesidade
Algumas doenças de pele são agravadas pela obesidade e pelo excesso de peso. Estes incluem: –

lymphedema
psoríase
insuficiência venosa crônica
síndrome da resistência à insulina
celulites
infecções da pele que incluem infecções fungosas
hiperceratose relativa à planta do pé
suppurativa do hidradenitis
gota tophaceous
intertrigo

TRATAMENTOS FLACIDEZ

TRATAMENTOS FLACIDEZ

Provocada pelo enfraquecimento das fibras
de sustentação da pele (colágeno e elastina),
a flacidez está entre os maiores incômodos sofridos
principalmente pelas mulheres, e pode ser
tecidual e/ou muscular.

Leia também: Flacidez

No Espaço Emagrecer, você conta com tratamentos
para esses dois tipos de flacidez, ativando a contração
dos músculos e estimulando/acelerando a produção
de colágeno das áreas prejudicadas.

Escolha a unidade e agende
uma avaliação corporal gratuita.

PROGRAMA OBJETIVO PROCEDIMENTOS DESC. Total
COLAGEN PLUS Tratamento médico e estético quando o objetivo é diminuir a flacidez muscular e tecidual.
A Rádiofrequência e a Carboxiterapia aumentam a produção de colágeno e elastina, e a Corrente Russa melhora a tonicidade muscular, dando forma à região tratada.

Periodicidade: semanal

Duração: 5 semanas

6 Rádiofrequência – HERTIX
6 Carboxiterapia localizada
24 Corrente Russa localizada
até 30%
Você é do tipo que se cuida: não está acima do peso e quer apenas se livrar do excesso de pele. Quem é que não teme ser obrigada a dar um tchauzinho para uma amiga do outro lado da rua e constatar que a pele do braço balançou feito papel diante do gesto?

flacidez_01O constrangimento é causado pela flacidez, que atinge braços, pernas, glúteos, abdome e o rosto, e tem solução com os tratamentos do Espaço Emagrecer, ginástica e uso constante de produtos específicos.

A flacidez atinge mais o corpo das mulheres do que o dos homens, que, aliás, também levam vantagem ao ficar livres da celulite. Tudo isso porque os hormônios femininos favorecem os depósitos de gordura que dão as formas arredondadas ao corpo.

Um dos fatores que a ocasionam é a falta de exercícios físicos ou até mesmo uma dieta pobre em proteínas.

Para combater os efeitos, o primeiro passo é controlar a dieta, evitando assim o efeito sanfona. Outra dica importantíssima na prevenção da flacidez de pele (tissular) é o uso do filtro solar, pois o sol destrói as fibras elásticas da pele.

Para lutar contra a flacidez, vale, sim, recorrer aos tratamentos estéticos. As modernas máquinas fazem verdadeiros milagres. São novas técnicas que agem em diversas frentes ou de forma mais profunda, garantindo melhores resultados.

Todas as soluções contra a flacidez podem ser encontradas no Espaço Emagrecer, que conta com uma equipe altamente qualificada em tratamentos faciais e corporais.

Tratamentos

Entre os tratamentos recomendados na eliminação da flacidez, está a Corrente Russa, que tem capacidade de realizar uma contração muscular vigorosa.

flacidez_02Tem também a Carboxiterapia pela injeção de CO2 (gás carbônico), que aumenta a oxigenação das células estimulando a produção de colágeno.

Outra opção contra a flacidez é o Hertix, aparelho de radiofrequência que produz uma grande quantidade de calor na área tratada. Esse aumento de temperatura acelera a produção de colágeno, substancia que dá firmeza e sustentação à pele.

O Laser CO2 Fracionado é o laser mais moderno e eficiente para diminuir a flacidez facial e corporal do tecido, as linhas de expressão que aparecem com o avanço da idade, mais comuns na região ao redor dos olhos e da boca, testa e pescoço. Também é muito indicado no tratamento de estrias, principalmente quando aparecem pós gestação, melhorando a flacidez da pele da região abdominal.

No ESPAÇO EMAGRECER você conta com uma equipe de profissionais altamente qualificada e experiente, garantindo que o resultado do tratamento seja alcançado mais rapidamente, e que se mantenha por mais tempo.

Dica da semana: pomada para prevenção de assadura

Dica da semana: pomada para prevenção de assadura

Dica da semana: pomada para prevenção de assadura
Oi, mamães queridas 😉 ! O assunto da vez é muito importante, pois assadura nos nossos bebês é muito ruim, nós nunca queremos que eles sofram com queimação né?!! Eu já testei muitas pomadas na minha filha, e tenho minha preferida, como eu sei que muitas de vocês também devem ter. Há muitas opções no mercado, e muitas são realmente ótimas, mas outras são péssimas.

Eu já usei Hipoglós, Benzevit, Bepantol Baby e a minha queridinha, que é Nistatina + Óxido de Zinco. Uma ótima também é a Dermodex, mas eu nunca usei por ser muito acima do meu orçamento, mas minha irmã usava ela nos meus sobrinhos, e segundo ela disse, a Dermodex é muito boa.

Hipoglós

Muitas mães classificam a Hipoglós como a melhor pomada de todos os tempos para os bebês, e é porque realmente a pomada (se passada corretamente) não deixa o bebê assar de jeito nenhum. Eu não sou muito fã dessa pomada. Ela é do tipo que meleca, gruda demais, tanto na pele do bebê quanto nas roupinhas e no nosso dedo. Mas isso é na minha opinião. Talvez algumas mães não achem ela nem grudenta nem melequenta. 🙂

Leia também: Hipoglós funciona

A Benzevit já é uma pomada para tratamento de assaduras. Assim que minha filha nasceu comecei a usar uma pomada que ganhei, tão ruim que nem lembro o nome, mas lembro que a consistência era transparente. Então usei essa pomada somente durante um dia e já percebi um início de vermelhidão. Corri na farmácia e comprei a Benzevit, que é uma pomada para prevenção e tratamento de assaduras. A pomada é excelente! Muito, muito boa. Logo nas primeiras vezes que usei já percebi que a vermelhidão tinha sumido. Porém ela é uma pomada que tem um valor um pouco mais alto, mas isso porque ela é comprada mais para o tratamento da assadura. Então, se o seu bebê algum dia assar o bumbum ou no pescoço ou dobrinhas das gordurinhas do corpo pode comprar a Benzevit e passar que logo logo ele vai ficar bom 😉

Bebantol Baby

36066_Ampliada

A pomada Bepantol Baby foi uma pomada que comprei mesmo para experimentar. Não tenho muito o que falar dela. É uma pomada boa, mas não está entre minhas favoritas.Se for pra usar ela, só se for durante o dia, não indico usá-la durante o soninho do bebê à noite, pois é quando o bebê dorme mais e a troca de fralda demora. Minha filha, por exemplo, dorme oito horas por noite, até mais, então demora pra fazer a troca da fralda e, como já fiz o teste, ela chega a deixar vermelho, então se for pra passar a noite toda, não indico o uso.

Nistatina + Óxido de Zinco

nistatina

Eis minha queridinha 😉 Mamães, essa pomada é MARAVILHOSA! Como vocês podem ver essa pomada não tem nome, ela é uma fórmula e é genérica, mas não é por isso que não seja boa. A fórmula Nistatina + Óxido de Zinco é a fórmula do Benzevit, aquela mesma pomada que falei acima, que também é ótima, e que é inclusive para tratamento de assadura. Porém, na minha humilde opinião, a pomada Nistatina +Óxido de Zinco é bem melhor que a Benzevit. Se alguma mamãe aqui já teve que usar a Benzevit sabe que ela é meio grosseira, talvez pelo próprio fato de ser para tratamento (também) da assadura. Já a Nistatina + Óxido de Zinco tem a consistência mais fina, é mais fácil de passar ela no bebê.

A Nistatina + Óxido de zinco é uma pomada que não gruda, limpa fácil, minha filha nunca se assou com ela e tem o preço ótimo. Como ela é um medicamento genérico, várias marcas de fabricantes de medicamento genérico fabricam, então também tenho minhas marcas preferidas, mas não pelo fato de assarem mais ou menos, nesse quesito TODAS AS FÁBRICAS são de mesma QUALIDADE. A questão de preferência por marca é só questão de gosto pessoal mesmo, e embalagem. A pomada da foto (EMS), por exemplo, é uma que tem um cheirinho ótimo, então adoro ela, mas a embalagem não é das minhas favoritas, é de um material duro. Já da marca Medley a embalagem é ótima, do mesmo material da Hipoglós. Porém, já comprei diversas marcas, além dessas, como a Legrand, Néo Química e outras que não lembro a marca agora.