Testamos quatro máscaras faciais em sachê para ver se elas funcionam

Testamos quatro máscaras faciais em sachê para ver se elas funcionam

Além de experimentar os produtos, conversamos com uma dermatologista para saber se o truque de beleza realmente traz benefícios

BELEZA
iStockPin this!
ISTOCK
Bruna Sabarense
BRUNA SABARENSE
11/12/2016 5:28 . ATUALIZADO EM 11/12/2016 22:56

127
0
0
Existe algo mágico em colocar uma máscara facial e tirar mesmo que poucos minutinhos para cuidar da beleza. Com a correria do dia a dia, as máscaras express são soluções rápidas, eficazes e baratinhas. E será que elas realmente cumprem o que prometem?

MAIS SOBRE O ASSUNTO
Qual é o melhor corretivo facial do mercado? Veja a nossa avaliação
Aprenda 12 tratamentos de spa que podem ser feitos em casa
Especialista comenta se tratamentos de beleza caseiros realmente funcionam

Leia também: Máscara de pepino funciona

“Eu gosto desses produtos, eles são úteis e complementares ao tratamento que se faz em casa e no consultório. O tipo de máscara a ser usada dependerá do tipo de pele do rosto e do objetivo que se quer alcançar”, explica a dermatologista, pós-graduada pela escola de medicina de Harvard, Cristina Salaro.
Esses produtos têm se multiplicado nas farmácias e lojas de cosméticos por preços generosos. Os sachês saem em média por R$ 35, mas é possível encontrar bons produtos por R$9,90. Há também diversos tipos de máscaras. A dermatologista faz um resumo sobre as funções dos produtos:

Máscara esfoliante: Boa para eliminar células mortas e limpar a pele. Prepara o rosto para se utilizar substâncias funcionais.
Máscara tensora/firmadora: Melhora a circulação sanguínea local e tem efeito tensor ao ser retirada. Geralmente é aplicada úmida e tem esse efeito ao secar.
Máscara clareadora: Inibe a produção de melanina e uniformiza o tom da pele.
Máscara detox: Geralmente de argila, promove efeito de frescor ao retirar.
Você pode apostar nesse recurso na preparação para um evento muito esperado ou simplesmente usar duas vezes por semana para melhorar a pele. Se você estiver na dúvida, repórteres e leitores Metrópoles testaram quatro produtos para ver se eles realmente funcionam.

1. Lotus Mask, Sephora – Hidratante e Relaxante

Fabricante diz: Refresca a pele cansada e reduz sinais de tensão e fadiga. Aplique a máscara sobre uma pele limpa e seca. Após 15 minutos, retire a máscara e massageie suavemente, permitindo que o produto em excesso penetre na pele. Não há necessidade de enxaguar.
Nós testamos: “Ela vem no formato do rosto, o que facilita a aplicação da máscara. Mesmo quando fica um pouco maior que o formato da face, como no meu caso, ela fixa bem e não atrapalha. Vem bem embebida, mas não escorre e tem um cheiro bem suave. A embalagem não especifica para qual tipo de pele é mais adequada, mas acredito que peles oleosas não se dariam muito bem com essa opção. É bem refrescante e realmente dá uma hidratada na pele. Nada muito drástico (o que já é esperado de qualquer máscara express), mas com certeza quebra o galho”, Bruna Sabarense.
Preço: R$ 34

2. Peel Off Clarify Mask, Dermage – Renovação Celular e Limpeza Facial

Divulgação Pin this!
DIVULGAÇÃO
Fabricante diz: Máscara facial clareadora, iluminadora, promove uniformização da tonalidade da pele e intensa renovação celular, proporcionando uma aparência jovem e saudável à pele. Contém ácido glicólico, ativo de renovação celular, que limpa profundamente os poros, deixando a pele mais viçosa.
Nós testamos: “Quando comprei a máscara, me imaginei em um spa, relaxando com um pepino na cara — como a imagem da embalagem. Mas o ritual, na verdade, é bem simples e ordinário. Abri o sache com facilidade, apliquei na cara como um creme qualquer e esperei os 20 minutos necessários. Tirar a máscara foi fácil e como ela é transparente não faz sujeira. Não senti o efeito imediatamente, mas quando acordei no dia seguinte a pele estava bem macia. Os poros estavam mais limpos, mas não foi uma limpeza profunda. Na embalagem, senti falta de mais instruções. Como, por exemplo, quais produtos passar depois da máscara ou se no sachê dava para fazer uma ou duas aplicações. De uma maneira geral, achei a experiência bastante positiva. Mas não sei se faria de novo.”
Preço: R$ 9,90.

3. Black Head Pore Strip, Pilaten – Removedora de Cravos

Reprodução Pin this!
REPRODUÇÃO
Fabricante diz: 6g por embalagem que permite de duas a três aplicações. Consegue remover efetivamente até os cravos pretos mais difíceis e minimiza os poros. Instruções de uso: com o rosto limpo, aplique no nariz de forma homogênea, espere secar por 15-20 minutos e puxe a máscara.
Nós testamos: “É fácil de aplicar e tem que esperar ficar bem sequinha antes de tirar. Não deixe cair na sobrancelha, pois pode arrancar alguns fios na hora de puxar a máscara. Achei que a pele fica mais macia e fechou os poros. Realmente dá pra ver os cravos que saíram na máscara. Estou usando com frequência, de uma a duas vezes por semana, e adorando”, Stephanie Sabarense.
Preço: Por ser importado, vale pesquisar antes de comprar. Se não estiver com pressa, o Aliexpress vende bem mais barato, mas demora meses para chegar.

4. Máscara Facial Revigorante Detox, Dermage – Remoção de impurezas

DivulgaçãoPin this!
DIVULGAÇÃO
Fabricante diz: Máscara facial revitalizante, revigorante, possui ação calmante e refrescante, remove as impurezas acumuladas da pele, proporcionando uma limpeza profunda. Fórmula cremosa, com argila vulcânica na composição. Possui ainda extrato de hamamelis, menta e calêndula que promove ação calmante e refrescante.
Nós testamos: “A máscara é à base de argila vulcânica, então prepare-se para todo aquele ritual clichê com direito a cara verde assustadora e tudo. Ela promete ação revigorante, calmante e refrescante além de limpeza profunda. Seca rapidinho e não tem cheiro forte. Com um único uso, não deu para notar grandes revoluções na pele, a não ser a sensação de pele limpa e lisinha, como quem acaba de usar um adstringente. O sachê vem com bastante produto, então rende duas aplicações. O

Pênis pequeno: o que fazer e que soluções adotar?

É bem sabido que o tamanho do sexo é uma obsessão para os homens . Muitos se perguntam se o tamanho de seu pênis é normal. Ou se o prazer que dão às mulheres está relacionado com as dimensões do seu sexo. Alguns homens sofrem de dismorfofobia, isto é, distorcem a visão que têm do pênis e a percebem menor do que realmente é. Seja qual for a fonte de suas preocupações, um homem que não está satisfeito com o tamanho de seu pênis é um homem frustrado , ele é exposto a conseqüências negativas em sua vida sexual . De fato, a ansiedade e a falta de autoconfiança podem levar à disfunção erétil como impotência ou ejaculação precoce. É por isso que é importante levar o problema a sério, aprender sobre ele e tentar soluções diferentes para acabar com suas complexidades.

O tamanho do pênis: o mal dos machos

Um símbolo de virilidade?

O homem percebe seu sexo como se fosse a parte mais importante de seu corpo: ele o consola , lhe dá pequenos nomes e até fala com ele . Esse comportamento pode parecer, digamos, exagerado, especialmente para as mulheres. No entanto, saiba que, desde os tempos antigos , o sexo masculino é um símbolo todo-poderoso.

E essa ideia de um símbolo todo-poderoso é largamente adotada pela sociedade atual. É o suficiente para ver o tamanho do sexo dos atores pornô , e compreende-se imediatamente que a ostentação de um grande membro é sinônimo de poder e prazer. Com tais atribuições, podemos entender melhor porque o homem lhe dá tanta importância. Felizmente hoje existem soluções para ampliar seu pênis como o Big Size, por exemplo, solução líder em aumento do pênis.

Um complexo que não poupa ninguém

Desde a infância,  o pênis é uma fonte de dúvida e questionamento.   Qual é o sentido desse estranho apêndice? Então, crescendo, nós olhamos, medimos, comparamos e tiramos uma conclusão irrevogável: ter um sexo pequeno é vergonha . Às vezes somos ridicularizados: “pau pequeno” e outros insultos nos tribunais de culto. Em geral, a adolescência não ajuda: tem essa garota que você gosta, mas ela sai com o Bidule. E claro e certo, o Bidule tem um pênis maior do que você , então qual é o ponto. É assim que o tamanho do pênis é a principal preocupação , o pior complexo ou a maior obsessão de muitos homens. E não seja enganado,você não precisa ficar traumatizado desde a infância para se complexar com o tamanho do seu sexo. Todos os homens, em um momento ou outro, digitaram “tamanho do pênis” no Google. Até mesmo o Bidule.

O pênis pequeno de acordo com os números

Você está convencido de que você tem um pênis pequeno? Comparado ao pênis de uma estrela pornô , é muito provável. E comparado com a média do homem comum? Diante desse interrogatório de lavagem, os pesquisadores conduziram a pesquisa. A fim de propor resultados representativos, os médicos britânicos mediram 15.500 pênis . Aqui estão os resultados, que foram publicados em uma revista especializada em urologia:

  • Tamanho médio do pênis em repouso: 9,16 cm
  • Tamanho médio do pênis ereto: 13,12 cm

 

Olheiras O que são, causas e tratamentos estéticos

Olheiras O que são, causas e tratamentos estéticos

O que são Olheiras
As olheiras, também conhecidas como hiperpigmentação periorbital, são a aparência criada pela concentração de vasos sanguíneos ou melanina sob as pálpebras inferiores, abaixo dos olhos, que resultam em um tom escurecido nessa região.

O que causa as Olheiras

Leia também: clarear olheiras

A genética é a causa mais comum do surgimento das olheiras, principalmente entre os descendentes de árabes e latinos. Além disso, alguns hábitos favorecem o surgimento dessas manchas, como fumo, bebida em excesso, estresse, privação de sono, alergia, má alimentação e período da menstruação.

Tratamentos para Olheiras
A Pró-Corpo indica Carboxiterapia, Luz Pulsada e Preenchimento para o tratamento de olheiras, clique na aba “Sobre os Tratamentos” para saber mais.

Como prevenir as Olheiras
A melhor forma de prevenir as olheiras é mantendo hábitos saudáveis, tendo boas noites de sono, não fumando, usando protetor solar e fazendo compressas locais.

Suco verde realmente emagrece?

Suco verde realmente emagrece?

Esclareça suas dúvidas sobre a bebida que tem função detox

Na internet, a busca por dieta resulta em infinitas opções de bebidas milagrosas. O que deixa muita gente com dúvida se o suco verde emagrece, já que ele possui função detox. Quem responde essas questões é a Lígia dos Santos, coordenadora do setor de Nutrição e Dietética na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Saiba se o suco verde emagrece:
O suco verde realmente é aliado à perda de peso? Alguns deles prometem secar a barriga. Isso é verdade?

Não temos evidências científicas que comprovem essa informação, mas podemos afirmar que esses sucos, quando associados a uma refeição equilibrada e à prática de exercícios físicos, podem, sim, ser grandes aliados à perda de peso e, consequentemente, ajudar na diminuição da barriga.

Qual seu real benefício à saúde?

O suco verde tem dois benefícios que merecem destaque: o primeiro é que é uma maneira simples de garantir o consumo de vegetais verdes e de frutas que fornecem as vitaminas e os minerais necessários para o organismo. O segundo é que eles contêm propriedades antioxidantes e fibras, que auxiliam no combate aos radicais livres, melhoram o funcionamento do sistema digestivo e dão mais vitalidade e energia, ajudando a diminuir o estresse.

Leia também: como fazer suco verde

É preciso procurar orientação médica antes de preparar qualquer receita de suco detox?

É indicado ter o acompanhamento de um profissional para adequação das receitas de sucos junto a uma alimentação balanceada, visto que o excesso de alguns alimentos, associados a algumas patologias e o manejo incorreto no preparo, podem causar alguns problemas relacionados à saúde.

Alguns profissionais indicam que a couve crua, por exemplo, que mesmo sendo rica em vitaminas, minerais e fibras, possui uma substância chamada pró-goitrina que, quando consumida em excesso, se transforma em goitrina, impedindo a entrada de iodo na glândula tireoide. Isso pode diminuir a liberação de hormônios e desencadear o hipotireoidismo. A orientação segura de consumo então, nesse caso, é de cinco folhas por dia.

Foto: Shutterstock

Quais alimentos você indica usar na preparação desses sucos?

Leia também: Phytophen bula

Ingredientes como limão, melancia e laranja são fontes de vitamina C que têm ação antioxidante em razão de sua capacidade de varrer os radicais livres. A maçã contém flavonoides que, após sofrer metabolização no intestino delgado, também atua como antioxidante. Acredita-se também que a ingestão regular dessa fruta auxilie na prevenção de doenças cardiovasculares.

Leia também: Farinha seca barriga bula

As verduras são ricas em fibras e auxiliam na saciedade e no funcionamento/ regularização intestinal. O gengibre melhora o processo digestivo e circulatório. A água de coco hidrata e possui sódio, potássio, magnésio e é uma bebida diurética. O mirtilo contém antioxidantes que diminuem os radicais livres e inflamação.

Leia também: Kifina bula

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

GEL CORPS HINODE FUNCIONA? REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS! – OLÁ MENINAS, tenho certeza que muitas de vocês estavam curiosas sobre esse produto e os milagres que ele ta fazendo néh?! Haha afinal, como que só um gel pode reduzir medidas, melhorar as estrias e tratar celulite?

GEL CORPS HINODE FUNCIONA?

GEL CORPS HINODE REDUTOR DE MEDIDAS, CELULITE E ESTRIAS!

O QUE É ?
Primeiramente, ele é um gel redutor de medidas exclusivo da empresa HINODE, desenvolvido para auxiliar na queima de gordura localizada. Sua fórmula é feita com cânfora e mentol, o que causa uma grande sensação de frescor e de calor ao mesmo tempo. Indicado também para tratar estrias e celulite! O que é marah!

Leia também: Womax Gel Lipo

BENEFÍCIOS DO GEL CORPS HINODE:
Auxilia na firmeza da pele e na queima de gordura localizada
Faz a crioterapia, o tratamento a frio
Esquenta e esfria ao mesmo tempo causando a vasodilatação superficial, ajudando a combater a gordura localizada. Relaxa a temperatura da pele, mantendo o equilíbrio térmico.
Trata e melhora o aspecto das celulites e estrias

Leia também: Phytophen funciona

COMO USAR O GEL CORPS HINODE?
Dependendo da região do corpo, o gel pede massagens específicas para que o efeito seja maior. Especificando por partes do corpo:

Barriga: movimentos circulares em sentido horário
Pernas: movimentos amplos, circulares e ascendentes
Braços: movimentos circulares e ascendentes
Bumbum: movimento circulares e de levantamento

Leia também: Kifina funciona

RECOMENDAÇÃO DA FABRICANTE – Deixar agir por mais ou menos 30 minutos, e não colocar por cima da aplicação do produto manta térmica, plástico ou roupa apertada.

OPCIONAL – Após os 30 minutos de ação você pode remover o gel e usar uma cinta para ajudar a modelar.

NUNCA – Nunca use o produto e exponha ao sol.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

ANTES E DEPOIS GEL HINODE – 1 MÊS
Fernanda!! Vai ter antes e depois do gel? CLARO que vai meninas! O antes e depois do gel eu vou colocar aqui atualizando os resultados a cada mês como sempre faço. E também os dados da minha avaliação física, porque o que importa é reduzir medidas e percentual de gordura.

Antes e depois dos primeiros 30 dias usando o Gel da Hinode . Nesse mês melhorei a minha alimentação (em casa mesmo, não fui em uma nutri) e usei os produtos não cheguei a fazer atividades físicas. Mas agora já comecei a academia pra ter resultados ainda melhores!

COMO USEI: Aplicava na pele e deixava agir (sem usar cinta! porque não é recomendado abafar o gel)

Gel Corps Hinode (AQUI) usando o cupom “FERNANDABELEZA” fica por 44,90

MINHA AVALIAÇÃO FÍSICA – ANTES
Como eu falei pra vocês (aqui) no post sobre o meu emagrecimento eu nunca fui uma pessoa fitness, mas chega uma hora que você tem que dar uma atenção especial para o corpo, principalmente quando o seu percentual de gordura está alto. Por isso eu acho muito importante ter os dados da avaliação.

RECOMENDAÇÕES E DICAS!
É bom reduzir o consumo de sal e de alimentos gordurosos. O sal ajuda a reter água no organismo;
Das preferência às verduras, legumes e frutas, pois elas causam sensação de saciedade e eliminam toxinas e líquidos.
Evitar também refrigerantes (o grande amigo da celulite mulherada), eles contém muito sódio e açúcar que costumam se acumular em forma de gordura no nosso corpo.
Beber muita água!

DICA: Como todo e qualquer produto que auxilia em queima de gordura, emagrecimento, melhora da pele e tudo mais, tendem a ter melhores resultados quando associados a uma dieta balanceada e a atividades físicas. Afinal de nada adianta usar um gel redutor de celulite e continuar comendo batata frita dia sim dia não né meninas? Kkkk todas sabemos disso.

ONDE COMPRAR O GEL CORPS DA HINODE?
E agora, onde eu encontro esse gel poderoso? Então meninas o meu como sempre eu comprei online, no site da MaisemCasa vocês encontram o gel e todos os outros produtos da Hinode. Muito legal! Eu vou deixar aqui abaixo o link do gel pra vocês conferirem!

Redutor de medidas funciona?

Redutor de medidas funciona?

Emagrecer é o sonho de muitas pessoas que veem suas vidas limitadas pelo excesso de peso. Seja por uma questão física ou psicológica, o peso elevado pode fazer com que a qualidade de vida seja drasticamente reduzida. Surgindo como uma alternativa, o Plano Detox promete emagrecimento sem sofrimento de maneira constante e duradoura com a simples modificação da alimentação. Mas será que o Plano Detox funciona? Confira a seguir a resposta para essa pergunta.

Leia também: Phytophen funciona

O que é Plano Detox da Rosi Feliciano?

O Plano Detox funciona e consiste basicamente de um plano alimentar que visa a realizar profundas modificações sem sofrimento, esforço ou sem passar fome. Com as orientações certas, você poderá fazer substituições inteligentes e ainda deliciosas em sua alimentação e conseguirá a tão desejada redução dos números da balança de um jeito mais fácil que você imagina.

Leia também: Kifina funciona

Mais do que uma proposta milagrosa, esse plano é estruturado e completo para que você comece desde os primeiros passos no caminho de uma vida e um corpo mais saudáveis.

Plano Detox Rosi Feliciano Funciona?
Quem já tentou emagrecer sabe o quão frustrante pode ser tentar diversas alternativas e não conseguir nada além de tempo e esforço desperdiçados. Por isso, a questão que surge é se o Plano Detox Caps funciona de verdade.

Leia também: Womax Gel Lipo reclamações

Antes de olhar para a resposta dessa pergunta, entretanto, é preciso ter em mente que não existe emagrecimento sem esforço ou sem uma mudança de mentalidade. Por isso, para que esse plano funcione é preciso que, antes de tudo, você queira emagrecer e esteja disposto a fazer algumas pequenas modificações que farão toda a diferença no final. Com isso em mente, é possível afirmar que esse método funciona graças a fatores como:

Utiliza a desintoxicação do organismo para queimar gordura
O princípio mais importante desse Plano Detox é o fato de que ele traz uma metodologia revolucionária em que a desintoxicação do organismo é responsável por acelerar o processo de queima de gordura.

Assim, dar início a esse método funciona como ligar um carro: assim que você dá a partida, o carro permanece em movimento e funcionando como o esperado. Assim, esse plano ensina exatamente como você deve fazer o seu corpo funcionar para queimar gordura.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Os ciclos potencializam a queima de gordura

Além disso, esse plano conta com uma divisão em ciclos que ajudam a queimar gordura. Isso significa que a cada novo ciclo o organismo terá uma queima de gordura cada vez mais acelerada.

O resultado disso é que o emagrecimento não apenas acontece de maneira mais rápida, como também se mantém estável e constante. Como você provavelmente já sabe a essa altura, consistência é tudo para o emagrecimento, já que mais do que perder os quilos, é preciso manter o novo peso – e é exatamente isso que esse plano faz por você.

Não é preciso passar fome
Você deve então estar se perguntando se o Plano Detox funciona apenas com uma alimentação super restritiva. A boa notícia é que não, não é necessário passar fome para conseguir o corpo dos seus sonhos.

Isso porque esse plano incentiva uma mudança profunda, duradoura e relevante nos hábitos e isso não é conseguido ao viver de restrições e privações diversas. Por isso, se o seu medo é de ter que passar fome para emagrecer saiba que não é preciso sofrer e passar fome para isso.

Traz um passo a passo completo
Mesmo que você não esteja familiarizado com o conceito de detox e mesmo que você não entenda nada sobre alimentação saudável, o Plano Detox funciona para você porque ele traz um passo a passo completo de tudo o que precisa ser feito.

Isso significa que você não vai precisar tentar adivinhar as próximas etapas ou ficar na dúvida do que fazer, já que o plano é estruturado justamente para que você saiba tudo o que precisa fazer, como deve se alimentar e quais são as suas opções para essa transformação tão desejada.

Não necessita de exercícios físicos repetitivos
Se você acha que para emagrecer vai precisar se matar por horas na academia e fazer séries intermináveis de exercícios físicos repetitivos, saiba que essa não é a realidade desse plano.

Com ele você não vai precisar seguir uma série de exercícios físicos cansativos e repetitivos que, no final, servem apenas como mais uma desculpa para você não emagrecer. Exatamente por causa disso, inclusive, que o sucesso desse plano é tão evidente e, principalmente, a justificativa de porque o Plano Detox funciona para todas as pessoas.

Plano Detox → A Dieta das Celebridades

A dieta detox caiu no gosto das famosas há muito tempo. Sempre que elas necessitam perder peso para fazer um novo personagem e sem passar fome é a dieta detox que elas fazem. Infelizmente no mundo real a falta de informação ainda é um serio problema e , por conta disso, muitas pessoas não conseguem obter informações privilegiadas, que o dinheiro compra….

Plano Detox Volumétrica Pavoro perdeu 5kg em 72 horas

Depoimentos Plano Detox da Rosi Feliciano:
A melhor forma de saber se o Plano Detox da Rose Feliciano funciona e se é seguro é se basear em relatos de quem já aderiu ao programa e é isto que vou fazer.

O que está incluso?
No Plano Detox, você recebe muito mais do que um cardápio padrão ou de um planejamento que não faz sentido na sua vida. Você recebe conhecimento e, principalmente, meios para transformar a sua alimentação.

Com isso, além de um cardápio ultra detox, uma tabela de desintoxicação, uma tabela de planejamento e uma lista de compras, você também receberá diversos e-books para ajudar em sua nova etapa.

Dentre os e-books estão um livro com receitas de sucos verdes especiais, uma lista com alimentos que queimam gorduras, uma com alimentos contra doenças e um guia completo com 101 receitas detox, além de outros livros.

Dessa forma, você vai poder mergulhar de cabeça no mundo detox e compreender como você fará as transformações que o seu corpo precisa de maneira específica. Além disso, você também ganhará acesso a um grupo exclusivo para alunos onde poderá trocar experiências, dicas e muito mais.

Como adquirir o Plano Detox da Rosi Feliciano?
Agora que você já conhece mais sobre o Plano Detox, você provavelmente está se questionando que ele deve estar muito acima das suas possibilidades financeiras. A verdade é que, sim, todo esse material tem um grande valor agregado e que em outras condições pode acabar saindo mais caro.

Por outro lado, entretanto, o emagrecimento pode estar mais perto do que você imagina, já que com as condições especiais todo o plano sai por apenas R$ 197,00 à vista. Isso significa que com menos de R$ 200,00 você pode mudar a sua vida para sempre. Ao adquirir você receberá acesso imediato e ainda terá direito a 30 dias de garantia total com devolução do seu dinheiro.

Para Comprar
Clique Aqui → Para Comprar à vista ou em 10X
Espero ter ajudado!

O Plano Detox da Rosi Feliciano funciona porque conta com uma metodologia exclusiva e inovadora baseada na desintoxicação do organismo para a queima de gordura. Com isso, você não apenas garante eliminar os quilos desejados de maneira rápida e eficiente como também terá todas as ferramentas para manter sua nova silhueta.

Por que fazer curso para concurso pode ser um erro… E o que fazer a respeito

Por que fazer curso para concurso pode ser um erro… E o que fazer a respeito

Como estudar

Fazer um curso preparatório (ou cursinho, na língua dos concurseiros) é talvez a forma mais conhecida de se preparar para um concurso público.

Mas você já parou pra pensar que você pode estar perdendo tempo fazendo cursinho?

Antes de responder essa pergunta, precisamos fazer uma ressalva:

Não estamos falando aqui que os cursinhos preparatórios são inúteis. Longe disso!

O cursinho é um grande aliado para você aprender conteúdo novo. Por causa do modo quase passivo de como você absorve conhecimento durante uma aula, o cursinho pode ser essencial em seu plano de estudos.

Mas do que estamos falando então?

Acontece que muita gente não pensa muito sobre os cursos preparatórios. Existem mais coisas envolvidas em participar de um curso para concurso do que simplesmente sentar e assistir aula. O nível de experiência do concurseiro, a qualidade do curso, o roteiro de aula, o conteúdo do curso, e até coisas triviais como o transporte até a escola.

Esses detalhes podem ser a diferença entre aproveitar seu tempo e jogar dinheiro no lixo.

Nesse artigo, a gente vai falar das vantagens e desvantagens de se fazer cursos presenciais e online, e você vai aprender a escolher um ótimo curso para concurso que seja adequado para você.

Esse artigo foi inspirado no conteúdo do curso Ritmo de Estudos, da Carol Alvarenga.

Cursos preparatórios presenciais

Os cursos preparatórios presenciais são as mais conhecidas fontes de aprendizado para concursos públicos.

Existem centenas de escolas especializadas em cursos preparatórios para concursos públicos. Você certamente vai encontrar um na sua cidade.

Um curso para concurso presencial funciona mais ou menos como um curso qualquer. Você se inscreve, recebe o material especializado (normalmente), e comparece às aulas.

Vantagens dos cursos presenciais

Os cursos presenciais têm algumas vantagens que são difíceis de substituir:

Contato com o professor
Como você está assistindo uma aula, ao vivo, com o professor na sua frente, é muito fácil e rápido você tirar dúvidas.

Aliás, esta é a principal vantagem de um curso para concurso presencial. Se você estiver fazendo um, você deve aproveitar todas as oportunidades para tirar dúvidas.

Contato com outros concursandos
Não pense que em um cursinho, todos são concorrentes. Na verdade, boas amizades podem surgir dentro de uma sala de aula!

Os seus colegas de cursinho podem ajudar a explicar um tópico que você não entendeu, a resolver questões, e a compartilhar outras informações, como dicas de materiais, sites e aplicativos.

Bom para o concursando iniciante
Um cursinho presencial é ótimo para quem está começando a fazer concursos por vários motivos.

O primeiro motivo é que, quando nós começamos a estudar para concurso público, muitas matérias são completamente desconhecidas. Quem já ouviu falar em Direito Constitucional no ensino médio ou faculdade (ok, os estudantes de Direito viram)? Um curso presencial é uma ótima forma para ter o primeiro contato com essas matérias, porque o professor vai passar esse conteúdo já “mastigado”. Dessa forma, um curso presencial pode ser uma ótima forma de você começar a estudar para concursos.

Outro motivo é que se comprometer a ir fisicamente até o cursinho e assistir as aulas é uma tática boa para você entrar no ritmo de estudos, ou seja, criar o hábito de ter um horário dedicado para estudar. Esse hábito vai ser essencial para continuar estudando sozinho em casa.

Desvantagens dos cursos presenciais

No entanto, fazer um cursinho, apesar de ser bastante popular, tem suas desvantagens – e muita gente não pensa nisso.

Tempo ocioso
Você precisa saber que fazer um curso para concurso presencial gasta muito tempo com ociosidade, ou seja, tempo desperdiçado com coisas que não tem a ver com seu aprendizado.

Por exemplo:

Tempo de trânsito para ir até o cursinho (e voltar depois)
Tempo de intervalo pra lanche (se o cursinho tiver isso)
Tempo com o professor comentando sobre outras coisas que nada tem a ver com a aula
Você precisa levar esse tempo em consideração quando for escolher um cursinho para você. Se você tiver somente 2 horas por dia para estudar para concurso, um curso presencial pode tomar todo o seu tempo.

Programa do cursinho
O programa do curso é todo o assunto que o cursinho propõe ensinar, com o número de horas-aula dedicado para matéria.

Muitas vezes, principalmente em cursos para concursos “genéricos”, ou seja, que não são específicos para um concurso ou banca, podem ocorrer vários problemas com o programa do cursinho:

O curso provavelmente não vai ter todos os tópicos do concurso que você está visando,
O curso pode passar mais matérias do que você precisa, dessa forma você fica perdendo tempo aprendendo coisa inútil (e às vezes sem você saber),
O curso decide quanto tempo passar de cada matéria, ignorando o peso de cada matéria que o concurso pede, ou a sua dificuldade com o assunto.
Contato com outros concursandos
Sim, sim, esse tópico está listado como vantagem lá em cima, mas também pode ser uma grande desvantagem.

Ou vai dizer que você nunca chegou na sala de aula, depois de um dia estressante, durante uma aula chata, e resolveu entrar na conversa com outros colegas?

Os outros alunos podem desfocar da aula, distrair o professor, interromper a aula… todo esse tempo que você deveria estar concentrado em aprender algo novo é desperdiçado.

Preço
Um curso presencial normalmente é mais caro.

É de se compreender. Uma escola precisa pagar professor, aluguel, energia elétrica, água e várias outras contas. E a fonte de renda dela depende da quantidade de alunos que ela consegue matricular (limitada pela quantidade de salas de aula).

Você tem a vantagem de um professor na sua frente, pronto para responder qualquer dúvida. Mas você paga por isso!

Cursos online (ou videoaulas)

Hoje em dia, assistir um curso online no formato de videoaulas é uma das formas mais comuns de se preparar para um concurso público.

Se você fizer uma busca por “curso preparatório para concursos”, você vai encontrar páginas e páginas com opções.

Em uma videoaula, seu estudo depende unicamente de você sentar em uma cadeira e assistir. Muitos cursos também têm material extra, como aulas em pdf, audiobooks e listas de questões.

Isso traz uma série de vantagens sobre as aulas presenciais, mas também possuem algumas desvantagens.

Vantagens dos cursos online

As principais vantagens dos cursos online giram em torno do tempo que você economiza para estudar.

Tempo aproveitado
Comparados aos cursinhos preparatórios presenciais, com os cursos online você não perde tempo com trânsito, com professor que enrola, com interrupções de outros alunos, etc.

Tudo se resume a você sentar na frente do computador e apertar o Play.

Todo o tempo com trânsito e interrupções pode ser aproveitado com mais aulas, se você estiver fazendo um curso para concurso online.

Bom para matérias específicas
Mesmo quem é um concurseiro avançado, que gosta de fazer seus próprios programas, pode se aproveitar de um curso online.

Se você está entrando em um concurso e o edital pede uma matéria exótica, que você nunca viu antes (digamos, Arquivologia), você pode usar um curso online específico para ter o primeiro contato com o assunto.

Você decide seu horário
Enquanto em um cursinho presencial você precisa obedecer aos horários da escola, em um curso para concurso online, você estuda no seu tempo, a hora que quiser.

Por exemplo, se no fim do dia, depois do trabalho, você já está cansado demais para estudar, você pode assistir as videoaulas pela manhã, enquanto toma o café da manhã.

Preço
Como os cursos online tem o potencial de atingir muito mais pessoas, eles normalmente são bem mais em conta que um curso presencial.

Desvantagens dos cursos online

Embora tenha todas essas vantagens, fazer um curso online significa estudar sozinho, e isso traz uma gama de desvantagens.

Não tem contato com o professor
Se você é realmente iniciante e acha que pode ter muitas dúvidas, talvez um curso presencial seja melhor para você, já que em um curso online, você não pode simplesmente questionar o professor na hora que tiver dúvida.

Alguns cursos online possuem contato com os professores via e-mail, o que ajuda. Verifique isso no seu curso.

Programa do curso
Da mesma forma que em um curso para concurso presencial, quem decide o programa do curso online são os professores que dão as matérias.

Leia também: Fórmula negócio online

Isso nem sempre corresponde às suas necessidades específicas.

O programa pode ter matérias demais, ou pode não tratar de todo o assunto do seu concurso – principalmente os cursos online genéricos baratinhos.

Você precisa de mais disciplina para estudar
Por toda essa liberdade de fazer o seu próprio tempo, os cursos online requerem mais disciplina para estudar.

Você vai estar em um ambiente confortável (sua casa), com vários motivos para se distrair (TV, Internet, pessoas da sua casa), e você precisa ficar parado, sentado em uma cadeira e olhando para o computador por vários minutos.

Se o professor for daqueles lentos (que falam devagar, fazem grandes pausas, enchem o monólogo com “ééé” e “hummm”), então isso é receita para desatenção e procrastinação.

O que é mais adequado para você: presencial ou online?

Em geral, os cursos preparatórios são uma ótima forma de aprender passivamente.

Por que passivamente?

Tanto no curso online quanto no curso presencial, você assiste a uma aula de um professor que conhece o assunto, já destrinchou o assunto de uma forma que seja fácil de ensinar, e usa um método que seja fácil de aprender.

Bom, na maioria dos cursos, é claro. Existem cursos ruins também.

Seu papel é prestar atenção na aula, e fazer anotações pontuais (nada de copiar tudo o que o professor fala).

Além disso, os cursos são visuais e auditivos, o que amplia a forma como as informações chegam até o seu cérebro, facilitando a absorção de conhecimento.

Isso é uma vantagem, por exemplo, em cima dos livros, que dependem de você gastar energia para ler.

Sendo assim, os cursos podem ajudar bastante a aprender conteúdos novos com facilidade. Isso vale tanto para alunos iniciantes e experientes.

Se você é um iniciante
Se você é um concursando iniciante, um curso presencial pode ser muito útil para você!

Você vai estar imerso em um ambiente onde todo mundo tem o mesmo objetivo que você, com aulas com horário marcado e o conteúdo de matérias exóticas pronto para ser passado.

Isso ajuda muito a você entrar no mundo dos concursos.

Fora que se surgir alguma dúvida, o professor pode resolver. E seus colegas de aula podem ajudar com dicas de livros, apostilas, etc.

Sim, existem muitas desvantagens (perda de tempo desnecessária, custo alto), mas, ao nosso ver, as vantagens superam as desvantagens.

Procure um curso que seja específico para o concurso que você quer, para reduzir o problema de conteúdo inútil (veja mais dicas de como escolher um bom curso mais à frente).

Se você é um concurseiro experiente
Se você é um concursando mais experiente, com algum tempo de estudo, ou já aprovado em algum concurso, então provavelmente você já conhece bastante sobre os tópicos tratados em provas de concursos.

Por isso, você talvez possa querer estudar sozinho, com seus próprios horários, e com técnicas para maximizar seu tempo de estudo.

Assim, talvez seja melhor buscar cursos online específicos para o concurso que você quer fazer. Ou, se for o caso, cursos que cobrem somente uma matéria específica.

Sugerimos os cursos online sobre os cursos presenciais porque:

Você não perde tanto tempo com trânsito, interrupções, etc.
Você faz o seu horário
Você economiza dinheiro, ao pegar cursos para uma matéria específica.
Como encontrar os melhores cursos preparatórios

É muito difícil apontar para um curso e dizer: “Este é o melhor curso que existe”.

Os cursos se diferem muito por causa da didática do professor, e isso pode fazer toda a diferença para você aprender.

Mas existem dezenas, talvez centenas de opções de cursos por aí. Como saber se um curso é bom ou não é?

A gente vai dar algumas boas dicas sobre isso agora!

Procure cursos específicos para seu concurso
Se for possível, sempre faça cursos específicos para um concurso que você esteja querendo fazer.

Evite os cursos genéricos demais. Eles podem ser bastante completos nos assuntos que eles se propõem a ensinar, mas existem dois problemas com os cursos genéricos.

Primeiro, eles não vão cobrir todas as matérias do concurso que você quer fazer. Por exemplo, eles não cobrem conhecimentos específicos da sua área, como Contabilidade de Instituições Financeiras Padrão COSIF para a Área 4 – Contabilidade e Finanças do Banco Central. E quase todo concurso tem tópicos de conhecimentos específicos.

Isso quer dizer que você vai precisar gastar mais dinheiro com outros materiais para complementar seus estudos.

Segundo, eles podem passar conteúdo demais, mais até do que o seu concurso pede. Esse “conteúdo extra” na verdade é tempo e dinheiro jogado fora.

Um curso para concurso específico cobre o que o edital pede. Além disso, nos cursos realmente bons, os professores dão ênfase no que a banca realmente cobra, o que é sensacional.

Você encontra esses cursos específicos pelo nome, por exemplo: “Curso para Concurso INSS”, “Preparatório para Concurso dos Correios”, “Curso Online para Banco do Brasil”.

Analise o material incluído
Veja o material incluído no curso. Analise sua qualidade, quantidade e utilidade.

Quase todos os cursos oferecem apostilas com material complementar e aulas. Alguns cursos possuem apostilas excelentes.

Essas apostilas podem ter questões de concurso para resolver, que é uma forma essencial para você estudar.

Alguns cursos online incluem audiobooks ou podcasts, que você pode escutar quando estiver no trânsito, por exemplo.

A lista de bibliografia recomendada de alguns cursos também indicam ótimos materiais, que você pode usar para complementar seus estudos.

Pesquise o histórico dos professores
Se possível, pesquise na Internet sobre os professores que darão as aulas.

Para os cursos presenciais, isso pode ser mais difícil, mas uma ligação na escola pode resolver isso.

Verifique seu currículo e formação dos professores, e analise se eles têm bagagem para dar aulas sobre o assunto.

Verifique a didática dos professores
Verifique a didática do professor, ou seja, se a forma como ele explica é agradável para você. Para um curso, pode ser a diferença entre você se interessar pela aula ou dormir nela.

Essa dica é mais complicada de fazer, porque você precisa assistir alguma aula do professor. Uma das formas que você pode fazer isso é ver se é possível assistir uma aula grátis do cursinho.

Procure opiniões de outros concursandos
Essa é a última dica, mas certamente é uma das mais importantes.

Procure opiniões de outros concursandos.

Existem vários fóruns e comunidades de concurseiros na Internet que você pode visitar. O pessoal nessas comunidades terá o maior prazer em ajudar.

Por exemplo, o Fórum Concurseiros possui uma sessão de análises de cursos e materiais separados por cargos. Pode ser uma grande fonte de pesquisa para você.

Conclusão

Se você chegou até aqui, então você entendeu porque nós dissemos que os cursos podem ser uma perda de tempo.

Simplesmente porque o aproveitamento do conteúdo de um curso para concurso depende de vários fatores:

Da ementa do curso
Da didática do professor
Do tempo e horário disponível para você estudar
Do concurso que você está querendo fazer
E é por isso que você tem que estar atento ao decidir se vai fazer um curso para concurso presencial ou online, genérico ou específico, etc.

 

Créditos: Val popular blogueira de emagrecimento

12 Benefícios do Colágeno Hidrolisado em Pó – Para Que Serve e Como Tomar

12 Benefícios do Colágeno Hidrolisado em Pó – Para Que Serve e Como Tomar

A palavra colágeno é popular e frequentemente utilizada em produtos de beleza e suplementos para a saúde. Ele é uma proteína abundante no nosso corpo, essencial para os ossos, pele, tecido muscular, tendões, dentes, cabelos, unhas e cartilagens.

Na nossa pele, o colágeno ajuda com a força e a elasticidade, além de promover uma faxina nas células mortas. Ele também é responsável por manter o nosso corpo unido, tanto que o significado da palavra de origem grega é cola.

Se o colágeno é produzido em larga escala pelo nosso corpo, por qual motivo devemos ingerir uma fonte externa? A resposta é simples: à medida que envelhecemos, a produção diminui, e é aí que as rugas e linhas de expressão começam a aparecer, sem contar as dores nas articulações.

Ajudar o seu organismo com um suplemento de colágeno hidrolisado em pó garantirá que os níveis dessa proteína estejam adequados e seu corpo mais saudável.

Colágeno – O que é?
A palavra “colágeno” tem origem grega e significa cola. Essa é uma definição muito apropriada, pensando no papel que ele desempenha no nosso corpo.

O colágeno é uma proteína produzida abundantemente pelo nosso corpo. Ele é essencial para os ossos, pele, tecido muscular, tendões, ligamentos, dentes, cabelos, unhas, cartilagens, vasos sanguíneos e discos vertebrais. Na nossa pele, por exemplo, ele contribui com a força e a elasticidade e também substitui as células mortas. Já nos nossos tendões e articulações, ele atua para manter o corpo unido.

Assim como outras funções do nosso corpo, a produção de colágeno vai diminuindo à medida que envelhecemos. Por esse motivo, é comum o surgimento de linhas de expressão, rugas e flacidez, principalmente no rosto, sem contar as dores que atacam as articulações. Além do envelhecimento, o estilo de vida, hábitos e fatores externos também contribuem muito com a redução da produção do colágeno.

O colágeno está presente também em produtos alimentícios e cosméticos, além de variações diversas como o colágeno hidrolisado em pó. Ele pode ser extraído de couro ou ossos de animais, ou escamas de peixe. O fato de ser hidrolisado significa que as cadeias de aminoácidos foram decompostas em unidades menores, um processo que permite a sua dissolução em líquidos quentes e frios.

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Colágeno Hidrolisado Funciona Mesmo?
Colágeno Hidrolisado Engorda?
O Suplemento que Você Deve Tomar para Evitar Dores nas Articulações
Silício Orgânico para Pele e Cabelos – Para Que Serve, O Que é, Contraindicação e Dicas
Para que serve?
Ainda que o nosso corpo produza o colágeno, é possível equilibrar os níveis através da ingestão de suplementos. Ele pode ser encontrado tipicamente como colágeno hidrolisado em pó, que ajuda a formar o novo colágeno e quando consumido se torna bio disponível, ou seja, pode ser aproveitado pelo organismo.

O colágeno é uma proteína dura, insolúvel e fibrosa que compõe um terço da proteína do corpo humano.

Na derme, ou na camada média da pele, o colágeno serve para ajudar a formar uma rede fibrosa de células chamada fibroblastos, sobre a qual novas células podem crescer, além de promover a substituição e restauração de células mortas da pele. Também serve como coberturas protetoras de órgãos delicados do corpo, como os rins.

Além disso, o colágeno é repleto de aminoácidos como a prolina, glicina, glutamina e arginina. Cada um desempenha um papel diferente no corpo. Vamos entender para que serve e quais os benefícios para a saúde.

Prolina: A prolina protege a integridade dos vasos sanguíneos, melhora a saúde das articulações e tem vários benefícios cardiovasculares.
Glicina: Garante que nossas células funcionem adequadamente, ajuda a construir fios de DNA saudáveis. É também um dos três aminoácidos que formam a creatina, que promove o crescimento muscular saudável e aumenta a produção de energia durante os treinos.
Glutamina: Ajuda o sistema imunológico debilitado, baixa energia, diminui a ansiedade, tensão, distúrbios do sono, insônia, falta de concentração e promove a saúde digestiva.
Arginina: É um composto importante para a saúde arterial e cardíaca. Melhora a circulação, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e tem uma influência positiva na libido masculina.
Benefícios do colágeno hidrolisado em pó
As versões de produtos contendo colágeno são inúmeras, uma delas é o colágeno hidrolisado em pó. O suplemento é uma forma de aumentar e equilibrar os níveis de colágeno no corpo e já existem pesquisas que evidenciam benefícios potenciais originados pelo consumo de colágeno de origem animal como suplemento em pó. Confira a seguir como o colágeno pode contribuir com a sua saúde.

1. Ajuda a prevenir a osteoporose

O envelhecimento tem um impacto grande na produção de colágeno e os níveis baixos podem interferir na criação de matéria, resultando em osteoporose, o que aumenta o risco de fratura óssea e diminuição da mobilidade.

O colágeno desempenha um papel fundamental na produção de osso, estimulando a produção de osteoblastos, que são as células que produzem o osso. A suplementação de colágeno pode ajudar a compensar essa baixa de produção do organismo e mantê-lo forte e ativo.

2. Contribui com a saúde dos cabelos

O crescimento do cabelo depende de três componentes, que são os minerais essenciais, a queratina e o colágeno. A falta de colágeno resultará em um cabelo quebradiço, cheio de pontas duplas e muita queda. Se o objetivo é ter um cabelo forte e bonito, é importante garantir que os níveis de colágeno no corpo estejam adequados. O colágeno hidrolisado em pó poderá contribuir com essa manutenção.

3. Fortalece as unhas

Unhas fracas, descascando e rachadas pode ser culpa da falta de colágeno. Isso acontece porque a proteína de colágeno é o bloco de construção das unhas. Adicionar colágeno em sua dieta pode ajudar a manter suas unhas fortes.

4. Ajuda a sarar cortes mais rapidamente

Você sabe o que acontece com a sua pele quando você se machuca? O colágeno entra em ação. Isso acontece porque ele desempenha um papel importante na produção da pele e é necessário para substituir as células danificadas ou perdidas. Tomar colágeno hidrolisado em pó pode ajudar a acelerar o processo de cicatrização, seja na recuperação de um corte cirúrgico, arranhões, escoriações e até uma contusão.

5. Reduz a inflamação

As dores nas articulações e outras partes do corpo costumam ser resultado das inflamações. O processo de envelhecimento e a falta de colágeno pode trazer consequências assim, que até são normais em determinada idade, mas algumas vezes esse quadro também pode ser resultado de artrite.

O colágeno pode ajudar a reduzir a inflamação nestas áreas sensíveis, isso porque ele ajuda no crescimento de tecidos conjuntivos que mantêm as articulações fortes, diminuindo o atrito que pode levar à inflamação e dor. Estudos mostram que o colágeno hidrolisado pode ajudar a fortalecer suas articulações, além de contribuir com a redução da dor causada por doenças como a osteoartrite.

Como o nosso corpo reduz a produção de colágeno com o passar dos anos, o colágeno hidrolisado em pó pode ser consumido para ajudar a equilibrar os níveis e ajudar a reverter às inflamações.

6. Melhora o sono

O pó de colágeno hidrolisado contém altos níveis de glicina, aminoácido que diminui a ansiedade e melhora o sono. Isso acontece porque ele ajuda a equilibrar os níveis hormonais e acabar com a sonolência diurna, e em paralelo promove o sono tranquilo e ininterrupto durante a noite.

Pessoas que sofrem de insônia e distúrbios do sono podem considerar o pó de colágeno hidrolisado como uma ferramenta importante para regular e melhorar o sono.

7. Reduz a ansiedade

Outro benefício da glicina é a sua atuação para equilibrar os hormônios do estresse no corpo. Abastecer o corpo com colágeno ajudará a elevar os níveis de glicina e manter seu humor equilibrado e ansiedade controlada.

8. Mantém os níveis hormonais equilibrados

O colágeno é composto por aminoácidos que desempenham muitos papeis, principalmente na criação e regulação de hormônios. Testosterona, melatonina, insulina, cortisol e muitos outros hormônios não podem ser produzidos sem o colágeno e isso pode ter resultados drásticos na qualidade de vida. Complemente sua dieta com colágeno hidrolisado em pó para ajudar a manter os níveis hormonais equilibrados.

9. Previne o envelhecimento

O sol é um dos principais inimigos da pele e seus impactos são ainda maiores quando o corpo está com deficiência de colágeno. O colágeno promove uma renovação celular, melhorando a elasticidade da pele e evitando o desenvolvimento ou piora das rugas, além de contribuir de maneira relevante com a eliminação de sinais de envelhecimento e manchas na pele.

Um estudo realizado em 2014 evidenciou que tomar suplementos que contenham colágeno hidrolisado duas vezes ao dia pode ajudar a reparar os danos causados ​​pelo sol, melhorar os níveis de oleosidade, hidratação e tonificar a pele.

10. Melhora a digestão

O aparelho digestivo é repleto de ácidos que são responsáveis pelo processo digestivo. Por sua vez, a parede intestinal é uma espécie de escudo que tem a função de bloquear a acidez e garantir a digestão adequada dos alimentos. Quando esse escudo apresenta rupturas ou rachaduras, pode desenvolver doenças como a “síndrome do intestino gotejante”. Essa condição abre uma brecha para que as toxinas causem estragos no resto do corpo, e é aí que entra o colágeno, pois ele não apenas protege a integridade da parede intestinal, como também constrói novas vilosidades, que absorvem os nutrientes que ingerimos.

11. Saúde bucal

Sorriso radiante com dentes brancos, fortes e brilhantes é obra do colágeno. Ele é um protagonista para promover a integridade dos dentes e dos tecidos de apoio em torno deles. A falta de colágeno pode comprometer seriamente a saúde bucal. A ingestão de colágeno hidrolisado em pó pode manter a saúde da gengiva e da mandíbula e evitar a famosa “papada caída”.

12. Aumenta o metabolismo, a massa muscular e o rendimento energético

Aumentar os níveis de colágeno no corpo pode impulsionar o metabolismo, contribuir com a massa muscular magra e converter nutrientes essenciais para o corpo.

Como vimos, o colágeno contém altos níveis de glicina e uma de suas principais funções é ajudar a formar o tecido muscular, através da conversão da glicose em energia que alimenta as células musculares.

Manter uma massa muscular ajuda a apoiar a postura, a saúde dos ossos e queima mais calorias do que a gordura, e essa é uma condição muito importante à medida que os anos passam. Para garantir que o seu corpo converta o colágeno em uma proteína utilizável, você pode preferir um colágeno hidrolisado em pó com vitamina C. Isso pode começar a restaurar a fonte ou sua energia e vitalidade.

Como tomar?
O colágeno hidrolisado em pó pode ser facilmente misturado aos sucos, vitaminas e shakes. Uma corrente de especialistas defende algumas orientações específicas para maximizar a absorção do colágeno. Então, confira como tomar abaixo:

Antes de tomar: Não coma pelo menos três horas antes de tomar o pó de colágeno. A atividade digestiva em um estômago cheio destrói o colágeno.
Como preparar e como tomar: Utilize um copo com 250ml de água ou suco e acrescente a quantidade de pó de colágeno recomendada pelo fabricante, usando uma colher de medição. Misture lentamente e mexa com uma colher. Continue mexendo até o pó se dissolver.
Importante: Não coma por pelo menos 20 minutos para que seu corpo possa absorver a quantidade máxima de colágeno. Crianças menores de 18 anos não devem consumir colágeno em pó sem o consentimento e orientação de um médico.
Melhores marcas
O colágeno hidrolisado em pó é um suplemento amplamente disponível, comercializado em várias lojas físicas e virtuais. Na hora de comprar, preste muita atenção, pois a maioria é derivada de fontes bovinas ou de fontes marinhas. Garanta que ele venha de uma fonte de qualidade.

– Colágeno Hidrolisado Sanavita

É composto por peptídeos de colágeno hidrolisado, acidulante ácido cítrico, vitamina C, vitamina E, sulfato de zinco mono-hidratado, vitamina A, antiumectante dióxido de silício, edulcorante sucralose, aromas idênticos ao natural de morango e açaí, corante natural de beterraba e hibiscus em pó e não contém glúten.

Leia também: Skin renov é bom

É um produto nacional. A apresentação contém 300 gramas.

– Proteínas Vitais Peptídeos de Colágeno Grass-Fed

Esse é um produto que apresenta na composição apenas o colágeno proveniente de couros bovinos alimentadas com capim. É livre de hormônios e grãos de ração.

É um produto importado vendido em uma embalagem de 567 gramas.

– Dr. Axe/Ancient Nutrition, Pó Proteico Multi Colágeno

Sua composição é formada por cinco tipos de colágeno de quatro fontes diferentes. Peptídeos de colágeno hidrolisado da carne de vaca alimentada com capim, colágeno de caldo de osso de galinha, peptídeos de colágeno hidrolisado de peixe selvagem, colágeno da membrana da casca do ovo. Não contém leite, marisco, nozes, trigo, amendoim e soja.

É um produto importado e sua embalagem contém 454g.

– NeoCell Super Colágeno Tipo 1 e 3 Pó

O super colágeno tipo 1 e 3 é derivado de colágeno bovino farmacêutico de boa qualidade. Não contém levedura de milho de amido de trigo de soja ou sabores artificiais e é livre de glúten. É rico em aminoácido do tipo hidroxiprolina e hidroxilisina.

Os colágenos do tipo 1 e 3 presentes no produto sustentam os ligamentos dos tendões, unhas, pele, cabelo e massa muscular magra. Esses dois tipos de colágeno são os principais tipos encontrados no tecido conjuntivo, compondo 90% do conteúdo total de colágeno do corpo.

Produto importado contendo 198 gramas.

– Ancient Nutrition Colágeno de Caldo de Osso – Pure

O colágeno de caldo de osso contém colágeno tipo I, II e III de fontes alimentares completas. É proveniente de alimentos integrais (frango, carne e peru) e é produzido artesanalmente sem adição de sal, cores, conservantes ou ingredientes artificiais.

Uma dose contém 15g de proteína de colágeno por dose sem carboidratos ou açúcares.

Leia também: comprar Fascia

É um produto importado e sua embalagem contém 450 gramas.

– Colágeno Hidrolisado Clinical-Skin – Body Action

Esse é um dos suplementos mais vendidos no Brasil e sua composição é formada por colágeno, vitaminas e minerais e é livre de glúten.

A origem é nacional, e o produto é vendido em uma embalagem de 300 gramas.

Fornecer ao seu corpo o colágeno hidrolisado em pó ajudará a manter os níveis saudáveis de colágeno no seu corpo, contribuindo com uma pele mais jovem, unhas e cabelos mais fortes, um sorriso mais bonito, além de manter longe as dores nas articulações.

Saiba as principais diferenças entre terçol e calázio!

Saiba as principais diferenças entre terçol e calázio!

Conheça as características dessas doenças e saiba como proteger a saúde dos seus olhos
Apesar dos incômodos, tanto o terçol quanto o calázio podem ser curados. FOTO Reprodução
Muitas doenças afetam a região dos olhos, causando desconfortos e dores. Pensando nisso, resolvemos esclarecer algumas dúvidas e mostrar as principais diferenças entre terçol e calázio, dois problemas muito frequentes.

O terçol é uma infecção dos folículos ciliares, que se localizam na borda da pálpebra, perto dos cílios. É causado por bactérias e o local torna-se inflamado. Já no calázio, diferente do terçol, não há infecção por bactérias. O que ocorre é uma inflamação das glândulas que produzem material sebáceo, presentes nas pálpebras inferiores e superiores. As glândulas ficam obstruídas e a secreção forma um nódulo.

Sintomas
Uma das formas mais eficazes de perceber as diferenças entre terçol e calázio é analisar os sintomas apresentados. O terçol causa dor, vermelhidão, calor e irritação nas bordas das pálpebras. Na maioria das vezes, o problema desaparece espontaneamente, dentro de 3 ou 5 dias. Em casos graves (quando persiste por mais de 5 dias ou quando a irritação dos olhos prejudica a visão), é preciso o acompanhamento de um oftalmologista, pois o terçol pode evoluir para um calázio.

Leia também: Terçol tratamento

As doenças que afetam os olhos, mesmo as mais simples, precisam ser tratadas com orientações médicas. FOTO Shutterstock
Os mesmos sintomas podem ser sentidos com o calázio. Quando o nódulo é pequeno, tende a desaparecer normalmente, mas se for grande, pode causar embaçamento da visão. Mesmo após passada a inflamação, o calázio pode reaparecer. Se ele se tornar repetitivo, o oftalmologista deve pedir exames para verificar possíveis problemas oculares, como os de refração.

Recomendações
Apesar de existirem diferenças entre terçol e calázio, as recomendações em relação as doenças são parecidas: para aliviar os sintomas do terçol e do calázio, devem ser aplicadas compressas quentes. Utilize gazes limpas, umedecidas em água morna filtrada ou fervida.

As pomadas antibióticas são eficientes no tratamento do terçol e podem ser indicadas por um médico especialista. Em alguns casos, pode ser necessária cirurgia para retirada do calázio. Ao notar algum dos sintomas é necessário consultar-se com um médico.

Devido às diferenças entre terçol e calázio, os tratamentos podem ser variados. FOTO Shutterstock
Higiene
Para evitar infecções por vírus e bactérias, a higiene do rosto e das mãos é essencial. Quando há bactérias nas mãos e elas são levadas aos olhos, podem ocorrer problemas como terçol e conjuntivite. Mantenha as mãos limpas, lavando-as várias vezes ao dia com sabão e água corrente, principalmente após manipular objetos como computador e celular ou objetos de uso público.

Se estiver utilizando pomadas para curar o terçol, não se esqueça de lavar as mãos e secá-las antes de passar o medicamento no olho. Como o problema comumente afeta as crianças, os pais devem estar atentos com a higiene delas, cuidando para que o rosto e as mãos estejam sempre limpos.

10 tratamentos caseiros para acabar com as varizes

10 tratamentos caseiros para acabar com as varizes

Vinagre de maçã, alho, folhas de videira, azeite, entre outros, podem ajudar a aliviar os sintomas e a aparência das veias dilatadas

Problema mais comum entre o público feminino, as varizes pode ser definidas, resumidamente, como veias dilatadas, que costumam incomodar não só esteticamente, mas também causando alguns sintomas como dor e inchaço. Qualquer veia pode dilatar, mas, geralmente, as varizes afetam as pernas e os pés.

Carolina Dutra Queiroz Flumignan, cirurgiã vascular da Clínica MedPrimus São Paulo, ressalta que as veias superficiais das pernas quando estão dilatadas, alongadas e tortuosas são chamadas de varizes. “O sangue, que deveria fluir em direção ao coração, fica estagnado nas veias, acarretando dor, inchaço, e em casos mais graves alterações em pigmentação da pele e trombose”, diz.

A médica explica que todas as pessoas estão sujeitas a terem varizes, mas existem fatores de risco como: obesidade e sobrepeso, genética, tabagismo, envelhecimento, o fato de ser mulher, gravidez, os hábitos de ficar em pé ou sentado por tempo prolongado.

A pessoa com varizes não deve hesitar em procurar ajuda médica, pois o problema deve ser tratado corretamente e, em muitos casos, é indicada a cirurgia. “Nos casos em que o cirurgião vascular diagnosticar varizes, salvo problemas de saúde que impeçam a cirurgia, a retirada é indicada para melhora do retorno venoso”, comenta Carolina.

Mas será que, além do tratamento médico, algumas medidas caseiras podem ajudar a tratar as varizes? Embora não existam comprovações científicas, algumas “receitas” prometem ajudar (ainda que, vale reforçar, não eliminem a necessidade de um acompanhamento médico).

Leia também: 5 hábitos para evitar as varizes

1. Vinagre de maçã

FOTO: GETTY IMAGES

Basta aplicar o vinagre de maçã na pele sobre as veias varicosas, massageando suavemente. Isso deve ser feito duas vezes ao dia, preferencialmente de manhã e antes de dormir.

2. Azeite

FOTO: GETTY IMAGES

A dica é misturar azeite com vitamina E, aquecendo um pouco a mistura. Depois, quando não estiver tão quente, aplicar a mistura na área varicosa, massageando suavemente. Isso deve ser feito duas vezes ao dia.

3. Consumo de alho

FOTO: GETTY IMAGES

Incluir o alho fresco na sua alimentação diária já pode fazer a diferença, pois o alimento ajuda a reduzir a inflamação e os sintomas das varizes.

4. Exercícios e hábitos

FOTO: GETTY IMAGES

Como o aumento de peso, o tabagismo e o sedentarismo são fatores de risco para as varizes, Carolina destaca que esses são os vilões que podem ser evitados com novos hábitos de vida.

“Também temos que ter cuidado com o uso de anticoncepcionais, pois os hormônios femininos dilatam as veias e enfraquecem as paredes dos vasos, deixando-os mais flácidos, favorecendo o aparecimento de varizes”, diz a médica.

Leia também: 8 maneiras de evitar a trombose

Outra dica essencial, de acordo com a cirurgiã vascular, é descansar com as pernas mais elevadas, e realizar caminhadas para ativar a circulação.

5. Hamamélis

FOTO: GETTY IMAGES

É um tipo de tratamento fitoterápico indicado para as varizes. Basta mergulhar um pano ou um pedaço de algodão em uma loção de Hamamélis, e colocá-lo sobre a área afetada, massageando suavemente por alguns minutos.

6. Consumo de pimenta caiena

FOTO: GETTY IMAGES

Por ser fonte de vitamina C e bioflavonóides, esse tipo de pimenta pode ajuda a aumentar a circulação sanguínea, aliviando as varizes. Indica-se o consumo de uma colher (chá) da pimenta em pó em uma xícara de água quente, três vezes ao dia.

Mas a pimenta caiena pode ser também consumida com frequência dentro de uma dieta equilibrada, dando mais sabor aos alimentos e oferecendo essas e outras vantagens à saúde.

7. Folha de videira

FOTO: GETTY IMAGES

Fonte de flavonoides (substâncias anti-inflamatórias), as folhas de videira agem na parede interna das veias, podendo ser aliadas no tratamento das varizes.

Leia também: 9 rituais de beleza que podem ser ruins para a saúde

Leia também: Varicell é bom

A dica é ferver quatro copos de água com uma xícara de folhas de videira por 10 a 15 minutos. Depois, quando estiver morna, mergulhar os pés na solução.

8. Calêndula

FOTO: GETTY IMAGES

A flor de calêndula também pode ajudar a melhorar a circulação, aliviando os sintomas das varizes. Basta ferver quatro copos de água com uma xícara de flores de calêndula por cerca de cinco minutos. Depois de deixar esfriar um pouco, mergulhar um algodão ou um pano na solução e passar sobre a área afetada.

9. Salsa

FOTO: GETTY IMAGES

A salsa também possui poderes antioxidantes, podendo ajudar a aliviar os sintomas das varizes. Basta ferver uma xícara de água com um punhado de salsa fresca picada, por cerca de cinco minutos. Depois de esfriar, coe a solução e aplique diretamente na área afetada, ou adicione a ela uma gota de um óleo essencial (como o de calêndula, por exemplo) e, com o uso de algodão, aplique na área afetada. Além disso, é válido incluir a salsa crua na sua alimentação diária!

10. Uso de meias de compressão

FOTO: GETTY IMAGES

Carolina destaca que as meias elásticas de compressão ajudam o retorno venoso em direção ao coração, aliviando as dores e evitando que a perna fique inchada. “É indicada para o tratamento das varizes justamente porque ajuda a veia que não funciona tão bem neste trabalho. Sempre deve ser prescrita por um médico, pois há problemas de saúde que podem contraindicar o seu uso”, ressalta.

Vale destacar que a maioria das “receitas caseiras” não possui comprovação científica e nem dispensa o acompanhamento/tratamento médico. Tratam-se apenas de alternativas naturais simples para tentar melhorar a aparência e os sintomas das varizes, mas devem estar associadas a outras medidas de tratamento orientadas pelo médico.

Leia também: Como diminuir os efeitos do uso excessivo de salto alto

“Sempre devemos ter em conta que a doença que nos leva a ter varizes é crônica, então, a avaliação pelo cirurgião vascular deve ser constante, para atuar assim que o problema for diagnosticado”, ressalta Carolina.

Como prevenir as varizes
Carolina explica que a parte genética infelizmente não pode ser influenciada, mas alguns hábitos de vida podem ser melhorados, ajudando assim a diminuir o aparecimento das varizes:

Não fumar;
Controlar o peso;
Evitar o sedentarismo;
Usar sapatos confortáveis para que o caminhar não seja feito de maneira errada.
“E, se mesmo assim, ainda as varizes insistirem em aparecer, uma consulta com o cirurgião vascular pode esclarecer se há algo a mais que se possa fazer, como a utilização de medicamentos e de meias de compressão elástica”, finaliza Carolina.